Willames Costa

Compromisso com a informação

Economia

Faltam técnicos para telecomunicações no país

Operadoras de telefonia e fabricantes de equipamentos de telecomunicação começam a enfrentar, além da escassez de engenheiros, falta de mão de obra técnica, informa Camila Fusco em reportagem publicada na Folha desta terça-feira.

São instaladores de cabos, operadores de redes e projetistas de infraestrutura que não são formados em volume suficiente.

Estimativas apontam que o deficit será de 15,5 mil profissionais a partir deste ano, considerando operadoras de telefonia fixa e móvel, de infraestrutura de internet e fabricantes de equipamentos.

O problema é considerado grave especialmente diante do aumento nos projetos de telefonia de quarta geração (4G) e de expansão das redes de banda larga previstos para o próximo ano.

Editoria de Arte/Folhapress

 

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *