Willames Costa

Compromisso com a informação

Cultura Especiais

Funeral de Whitney Houston deve ser fechado ao público

Porta-voz da funerária diz que cerimônia será particular, no sábado (11).
Corpo da cantora já está em sua cidade natal, Newark, em Nova Jersey.

Reuters

Memorial feito por fãs da cantora Whitney Houston no hotel Beverly Hilton, onde ela foi encontrada morta no sábado (11), tem flores, um urso de pelúcia e fotografias (Foto: Reuters)
Casa Funerária Whigham, em Newark, cidade
natal da cantora (Foto: Reuters)

O corpo da cantora e atriz Whitney Houston permanecia num serviço funerário de sua cidade natal de Newark, em Nova Jersey, nesta terça-feira (14), aguardando uma cerimônia fúnebre particular a ser realizada no sábado na igreja onde ela treinou suas habilidades musicais.

Uma porta-voz da Casa Funerária Whigham disse a jornalistas que uma cerimônia fúnebre particular ocorrerá no sábado na Igreja Batista New Hope, onde Houston cantava na infância. Não haverá velório, afirmou a porta-voz.

O corpo da cantora, uma das maiores estrelas de sua geração, foi levado de avião na segunda-feira (13) de Los Angeles para Nova Jersey.

Seus fãs aguardaram a chegada do corpo diante da casa funerária, onde Houston chegou num carro funerário dourado por volta de 23h de segunda-feira sob forte segurança.

morte dela no sábado (11) num hotel de Beverly Hills causou espanto no mundo da música, chocou seus fãs e a família. Ela foi encontrada inconsciente e submersa numa banheira do hotel, de acordo com a polícia. Eles não quiseram especular sobre a causa da morte da cantora de 48 anos.

A autópsia foi concluída no domingo e o relatório final sobre o óbito depende da finalização de uma investigação oficial e de relatórios toxicológicos que poderão levar semanas para sair.

Várias estrelas deverão comparecer ao funeral. Whitney era prima de Dionne Warwick e afilhada de Aretha Franklin.

A cantora conquistou a fama com sucessos como “Saving All My Love For You” e “How Will I Know”. Outros sucessos incluem “I Will Always Love You” e “I Have Nothing”. Sua voz poderosa foi depois afetada por batalhas contra a cocaína e o álcool.

Whitney morreu na véspera do Grammy Awards, a premiação da indústria da música. Como ela admitiu problemas com drogas e álcool e esteve em clínicas de reabilitação em maio de 2011, a especulação era de que ela teria morrido de uma overdose de drogas.

“A senhora Houston foi aparentemente descoberta na banheira por alguém de sua equipe pessoal”, que chamou a segurança do hotel, afirmou o tenente da polícia de Beverly Hills, Mark Rosen, na segunda-feira.

Ela foi retirada da banheira, mas quando os paramédicos chegaram, “ela estava inconsciente e não respondia”, disse ele.

Rosen não quis comentar sobre se medicamentos estavam no quarto do hotel ou a condição do corpo de Whitney.

Enquanto isso, o cunhado da cantora, Billy Watson, rejeitou que a cantora teria cometido suicídio, dizendo que “ela não teria feito isso para sua filha”.

A filha de Whitney, Bobbi Kristina Brown, de 18 anos, estava em Los Angeles quando sua mãe morreu.

Da Reuters

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *