Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Ganso volta atrás e diz que não vendeu direitos ao grupo DIS

Dez dias após declarar que vendeu 10% de seus direitos ao grupo DIS, fundo de investimento do Grupo Sondas, o meia-atacante Paulo Henrique Ganso voltou atrás e declarou que a negociação não foi concretizada.

“Não houve uma venda, foi um pré-acerto e agora vamos sentar com o Santos e conversar, mas só em janeiro”, disse Paulo Henrique Ganso ao chegar em Santos.

“Na verdade [a venda] não foi concretizada, ainda tem algumas coisas para conversar com o Santos, mas a gente vai tentar. Agora, como eu falei é descansar um pouco, relaxar e voltar em 2012 renovado. Depois a gente pensa nisso”, acrescentou o meia, que disse que dará prioridade ao Santos na negociação.

O jogador havia declarado que tinha vendido 10% de seus direitos à DIS às vésperas da estreia do Santos no Mundial de Clubes da Fifa. Na oportunidade, o jogador disse que não se sentia valorizado no clube.

“O Santos foi avisado, infelizmente não quiseram, e o DIS comprou. Estou me perguntando até agora. Mas no futebol é assim, quando um não quer, outro vem e busca”.

O Santos desmentiu a informação de Ganso e prometeu levar o caso à Justiça. O clube alegava que deveria ser notificado pelo jogador sobre a intenção de vender os 10% de seus direitos.

Caso Ganso conclua a negociação, a DIS passará ter 55% dos direitos do meia e o Santos fica com 45%.

O Santos tenta, desde agosto do ano passado, renovar o contrato de seu camisa 10 em termos parecidos aos que fizeram Neymar recusar propostas da Europa.

As conversas, porém, pouco evoluíram nesse tempo e fizeram aumentar as rusgas que existem entre o clube e o grupo de investidores. Nos últimos meses houve uma reaproximação entre o Santos e Ganso, que garante que permanecerá no Santos em 2012.

Ricardo Nogueira-13.dez.2011/Folhapress
Paulo Henrique Ganso durante treino do Santos no estádio de Toyota, local da partida contra o Kashiwa
Paulo Henrique Ganso durante treino do Santos no estádio de Toyota, local da partida contra o Kashiwa

Com Lancepress

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *