Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Grupo atira ovos em carros de autoridades durante protesto na Sé

Os manifestantes que protestaram na manhã desta quarta-feira na praça da Sé, no centro, atiraram ovos contra carros de autoridades que participaram da missa de homenagem ao aniversário da cidade de São Paulo.

Veja imagens do confronto durante protesto na praça da Sé
Após confronto, grupo protesta na frente da Prefeitura de SP
PM usa gás pimenta e cassetetes contra manifestantes na Sé
Manifestantes protestam na Sé contra reintegração no Pinheirinho
Repórter fotográfico da Folha é atingido durante manifestação; ouça

Entre as autoridades que estavam no local estava o prefeito Gilberto kassab (PSD) e os pré-candidatos a prefeitura Guilherme Afif (PSD), Andrea Matarazzo (PSDB) e Gabriel Chalita (PMDB). Eles, no entanto, não foram atingidos.

Os manifestantes cercaram e chutaram o carro que era usado por Kassab. Para conter o tumulto, a Polícia Militar usou gás pimenta e cassetetes contra os manifestantes. Já o prefeito teve que sair pelos fundos da igreja para evitar a confusão.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) também era esperado na catedral para a missa, mas não compareceu.

Jefferson Coppola/Folhapress
Grupo cerca carro de autoridades e atira ovos durante protesto na praça da Sé, no centro de São Paulo
Grupo cerca carro de autoridades e atira ovos durante protesto na praça da Sé, no centro de São Paulo

Os manifestantes protestam contra a reintegração de posse no Pinheirinho, em São José dos Campos (97 km de SP) e contra a operação na cracolândia, no centro da capital. Após o tumulto na Sé, eles caminharam até a frente da prefeitura, onde voltaram a protestar.

De acordo com policiais que estavam no local, quatro PMs foram agredidos e tiveram ferimentos leves. Alguns manifestantes também ficaram feridos em decorrência do confronto.

Paulo Pinto/Folhapress
Manifestante cai durante confronto com policiais e guardas civis na Sé após missa pelo aniversário da cidade
Manifestante cai durante confronto com policiais e guardas civis na Sé após missa pelo aniversário da cidade

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *