Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Hillary Clinton diz que regime sírio pode encarar ‘sérias consequências’

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, cobrou neste domingo (1º) dos membros do governo do presidente sírio, Bashar al-Assad, o fim das operações contra civis, caso contrário enfrentará “sérias consequências”.

“Nossa mensagem precisa ser clara para aqueles que dão ordens e aqueles que as executam: Parem de matar seus cidadãos ou enfrentarão sérias consequências”, disse Clinton em discurso durante conferência em Istambul sobre o conflito sírio.

Hillary conversa com o ministro de Relações Exteriores francês, Alain Juppé, durante encontro em Istambul (Foto: AP)Hillary conversa com o ministro de Relações Exteriores francês, Alain Juppé, durante encontro em Istambul (Foto: AP)

Clinton afirmou que os EUA estão fornecendo equipamentos de comunicação para a oposição civil síria. Ela acrescentou que apesar de ter aceito um novo plano de paz proposto pelo enviado da ONU-Liga Árabe, Kofi Annan, o governo de Assad parece não ter cumprido suas promessas.

Plano de paz na Síria - Kofi Annan (Foto: Editoria de Arte/G1)

‘Prazo de aplicação’
Uma fonte turca que participa do encontro disse que os países “Amigos do povo sírio”, reunidos em Istambul, apoiam o plano de Annan para resolver a crise na Síria e pedem que se fixe uma data para sua aplicação, disse uma fonte turca.

De acordo com a mesma fonte, a afirmação está no comunicado final da reunião, que será divulgado neste domingo.

Síria anunciou na terça-feira (27) que aceitava o plano de Annan, mas no domingo continuou bombardeando várias cidades rebeldes.

Ministro das relações exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu (Foto: Germano Assad/G1)Ministro das relações exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu (Foto: Germano Assad/G1)
Presidente do Conselho Nacional Sírio, Burhan Ghalium (Foto: Germano Assad/G1)Presidente do Conselho Nacional Sírio, Burhan Ghalium (Foto: Germano Assad/G1)

Fonte: Do G1, com agências internacionais

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *