Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Homens e mulheres têm pelo menos 237 motivos para fazer sexo

Muito se fala da sexualidade humana ao longo da história, da louca necessidade masculina de ter diferentes parceiras e da dor de cabeça feminina. O que apontam os especialistas Cindy Meston e David Buss é que, surpreendentemente, há muita negligência por parte dos estudiosos, pois pensa-se que já se sabe tudo a respeito. Engano.

Visando confrontar o tema, primeiramente a dupla realizou a pesquisa “Por Que os Humanos Fazem Sexo”, onde obtiveram com resposta, pelo menos, 237 motivações sexuais por parte dos entrevistados.

“Os motivos iam do mundano (“Estava entediado”) ao espiritual (“Queria chegar mais perto de Deus”), do altruístico (“Queria que meu companheiro se sentisse melhor consigo mesmo”) ao vingativo (“Queria punir meu marido por me trair”). Algumas mulheres fazem sexo para se sentir poderosas; outras, para depreciar a si mesmas. Umas pretendem impressionar suas amigas; outras, prejudicar suas inimigas (“Planejei acabar com o relacionamento de uma rival transando com o namorado dela”). Há as que expressam amor romântico (“Meu desejo era que ambos fôssemos um só”) ou ódio assustador (“Queria lhe passar uma doença venérea”). Mas nenhum desses motivos responde ao “porquê” oculto em cada gesto”, destacam.

  Orlando  

Curiosos e instigados com as respostas, a partir disso resolveram concentrar os estudos na sexualidade feminina. Os resultados podem ser vistos no livro “Por Que as Mulheres Fazem Sexo”, que discute contextos simples da excitação feminina até a influência de traumas no desejo de ter relações sexuais.

Divulgação
Depoimentos de mais de mil mulheres revelam poder do sexo
Depoimentos de mais de mil mulheres revelam poder do sexo

“Qual é o impacto do cigarro e outras drogas na capacidade de homens e mulheres ficarem sexualmente excitados? Os antidepressivos bloqueiam a excitação da mulher e dificultam seu orgasmo? Como superar esses efeitos sexuais colaterais? A relação sexual modifica os hormônios sexuais a ponto de afetar, de um modo geral, o impulso erótico da mulher? E por que a ansiedade às vezes estimula e às vezes atenua seu desempenho sexual?”, são algumas das questões levantadas e debatidas.

É sabido que especialistas recomendam ser saudável e positivo a mulher conhecer o seu próprio corpo a partir do toque, da descoberta de si mesmo, e o livro “Por Que as Mulheres Fazem Sexo”
faz um papel semelhante, grosso modo, com informações sérias a respeito de muitos motivos que podem dificultar a excitação e o prazer. Mulheres fazem sexo para procriar, mas há muito mais para se tirar proveito disso.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *