Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Indonésia resgata corpos de 51 imigrantes após naufrágio

As autoridades indonésias recuperaram nesta quarta-feira 51 corpos da embarcação superlotada que naufragou no sábado com imigrantes ilegais na costa da ilha indonésia de Java. A embarcação de madeira tinha cerca de 250 imigrantes ilegais procedentes do Oriente Médio e se dirigia à Austrália.

“Hoje encontramos 30 corpos flutuando em águas do distrito de Banyuwangi, a mais de 350 quilômetros de distância do lugar em que o navio afundou, e outros 21 cadáveres em águas próximas à ilha Nusa Barong”, declarou Gagah Prakoso, porta-voz da Agência de Busca e Resgate da Indonésia.

As buscas continuarão até o próximo sábado, acrescentou Prakoso, que estimou que 150 pessoas continuam desaparecidas e já abandonou a esperança de encontrá-las com vida.

Fontes das equipes de resgate afirmaram que os corpos estavam em condições avançadas de deterioração, o que tornou impossível determinar o gênero das vítimas, segundo informou o site detik.com.

Anton Saverius/France Presse
Equipes de resgate da Indonésia encontram corpos de imigrantes ilegais que estavam em barco que naufragou
Equipes de resgate da Indonésia encontram corpos de imigrantes ilegais que estavam em barco que naufragou

Até o momento, os trabalhos de busca resgataram 49 sobreviventes, 34 deles encontrados nas primeiras horas após o acidente, e outros 15 na segunda-feira.

As autoridades indonésias acreditam que o acidente aconteceu por causa da sobrecarga da embarcação, cuja capacidade máxima era de cem passageiros.

Alguns sobreviventes revelaram, após o resgate, que os tripulantes e os imigrantes lutaram pelos 12 coletes salva-vidas e que a tripulação abandonou o barco durante o naufrágio.

Os imigrantes, que provinham de países como Afeganistão, Irã e Paquistão, pretendiam chegar à ilha australiana de Christmas para pedir asilo no país oceânico.

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *