Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Inglesa morta dormiu dias antes com amigo do namorado, diz defesa

Emily Longley, morta aos 17, e na foto de baixo com o namorado Elliot Turner, acusado de assassinato (Foto: Reprodução/Daily Mail)
Emily Longley, morta aos 17, e na foto de baixo com
o namorado Elliot Turner, acusado de assassinato
(Foto: Reprodução/Daily Mail)

Uma jovem britânica de 17 anos que teria sido assassinada pelo namorado ciumento passou a noite com o melhor amigo dele dias antes de sua morte, afirmou diante da corte na sexta-feira (27) a defesa de Elliot Turner, o acusado de homicídio.

Emily Longley, de 17 anos, teria feito sexo com Luke Ashford, melhor amigo de Turner, segundo o próprio Ashford admitiu diante do tribunal quando questionado por um advogado do acusado.

O julgamento do suposto assassinato chamou a atenção da mídia inglesa esta semana. A acusação afirmou que Turner, de 20 anos, estrangulou a namorada de 17 por acreditar que ela estava o traindo, e depois teve a ajuda dos pais para acobertar o crime.

O casal estava namorando havia apenas quatro meses quando o suposto crime ocorreu, ainda em maio do ano passado. O caso está sendo julgado por uma corte de Winchester.

Os jurados também ouviram na segunda-feira (23) que os pais de Turner ajudaram o jovem a atrapalhar o trabalho da Justiça. O pai dele, Leigh, teria destruído uma carta de confissão que o filho escreveu após a morte da namorada. Uma escuta policial na casa da família teria ainda registrado eles discutindo maneiras de “fabricar provas e mentir para a polícia”, segundo o site do “Daily Mail”.

Turner afirmou à corte que ele e a namorada haviam discutido na noite anterior e que ela chegou a atacá-lo, e quando ele acordou na manhã seguinte ela estava morta ao seu lado.

Em gravação transcrita pela acusação, no entanto, ele é ouvido dizendo: “Eu simplesmente pirei. Fiquei absolutamente louco… Perdi a cabeça. Eu a peguei com toda a minha força e a empurrei desse jeito”.

Fonte: Do G1, em São Paulo

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *