Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque Mundo

Inundações na Bolívia matam 38 em meio a previsão de mais chuvas

Mulheres lavam roupas em rua inundada na periferia de Trinidad; governo declarou estado de emergência nacional após enchentes Foto: Reuters
Mulheres lavam roupas em rua inundada na periferia de Trinidad; governo declarou estado de emergência nacional após enchentes
Foto: Reuters

Chuvas torrenciais e inundações na Bolívia mataram 38 pessoas e deixaram muitos desabrigados, afirmou o governo nesta quinta-feira, enquanto meteorologistas previram chuvas mais fortes no norte do país, região que provavelmente será a mais atingida.

O Ministério da Defesa disse que tinha levado ajuda alimentar e que o Exército estava removendo as famílias das regiões mais afetadas, como o departamento de Beni, tradicional Estado pecuarista na região amazônica boliviana, a nordeste da capital, La Paz.

Cerca de 100.000 cabeças de gado estão ameaçadas e 6.000 hectares de plantações foram destruídos, cerca de 0,2 por cento do total da Bolívia, disse o governo.

Mais de 40.000 famílias foram afetadas pelas fortes chuvas sazonais desde outubro, cinco vezes mais do que no ano passado, sendo o centro e o norte as regiões mais atingidas.

ReutersReuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *