Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Inundações no Paquistão já afetaram quase 6 milhões de pessoas

Quase seis milhões de pessoas se viram afetadas pelas inundações que castigam o sul do Paquistão, onde a situação piorou pela propagação de epidemias, informou uma fonte oficial nesta sexta-feira.

Apesar do desdobramento das agências da ONU na província meridional de Sindh, boa parte da população segue em risco de contrair doenças transmitidas através da água.

“A situação está piorando por causa das epidemias”, explicou uma fonte da Autoridade Nacional de Gestão de Desastres (NDMA, na sigla em inglês), Imtiaz Mohyudín.

O último boletim do organismo calculava ontem 5.744.646 afetados, e este total aumenta com a passagem dos dias.

O funcionário não pôde precisar quantas pessoas contraíram infecções ou doenças, mas confirmou que um grupo de especialistas do Sri Lanka está no Paquistão para assistir às autoridades neste âmbito.

Asif Hassan/France Presse
Crianças afetadas pelas enchentes no Paquistão se alimentam sob teto de barraca que improvisaram
Crianças afetadas pelas enchentes no Paquistão se alimentam sob teto de barraca que improvisaram

Foram registrados mil casos de mordidas de serpente em Sindh, a maioria em distritos que estão parcial ou totalmente alagados.

O número de afetados foi crescendo nas últimas semanas, o que forçou o Governo paquistanês a pedir ajuda à ONU no início de setembro.

A diarreia aguda –que pode ser um indício de cólera– e a malária são os principais motivos de preocupação das agências humanitárias, segundo uma fonte da Organização Mundial da Saúde (OMS) consultada pela Efe na semana passada.

Este ano, os efeitos das inundações se limitaram a Sindh e a algumas zonas das províncias vizinhas do Baluchistão e de Punjab, ainda longe da catástrofe de 2010, que afetou todo o país.

As enchentes do ano passado vitimaram 1.767 pessoas e afetaram 20 milhões de paquistaneses.

DA EFE

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *