Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Irã não retrocederá nem um milímetro em seus direitos, diz presidente

Irã não vai retroceder nem um milímetro em seus direitos nucleares inalienáveis, afirmou nesta quinta-feira (12) o presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad, na véspera do reinício das discussões entre Teerã e as grandes potências sobre seu programa nuclear.

“Saibam que a nação iraniana será firme em seus direitos fundamentais, e que nem a pressão mais dura a fará ceder”, enfatizou durante um discurso citado pela agência oficial IRNA.

“Aconselho a todos os inimigos (do Irã) e a as potências arrogantes que mudem seu comportamento em relação a esta nação”, acrescentou o presidente durnte uma viagem à província de Hormozgan, no Golfo Pérsico.

O Irã confirmou na segunda-feira a retomada das negociações com as grandes potências sobre seu controverso programa nuclear, no próximo sábado na Turquia, com uma segunda etapa de conversações em Bagdá.

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, discursa nesta quinta-feira (12) na cidade de Jask (Foto: Reuters)O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, discursa nesta quinta-feira (12) na cidade de Jask (Foto: Reuters)

Na semana passada, Teerã afirmou que não desejava a retomada das negociações na Turquia, após 15 meses de interrupção em protesto pelo apoio de Ancara à oposição armada na Síria.

O porta-voz de Catherine Ashton já havia anunciado a reunião entre o Irã e as potências reunidas no grupo 5+1 (Estados Unidos, França, Reino Unido, China, Rússia e Alemanha) no sábado em Istambul.

As últimas negociações entre o Irã e o grupo 5+1 (Estados Unidos, França, Reino Unido, China, Rússia e Alemanha) aconteceram em Istambul em janeiro de 2011 e terminaram sem resultados.

Estados Unidos e União Europeia adotaram sanções petroleiras contra o Irã. Os países ocidentais suspeitam que Teerã queira produzir armamento atômico, apesar dos desmentidos.

Da AFP

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *