Willames Costa

Compromisso com a informação

Bahia Juazeiro

Juazeiro é premiado em congresso de Secretarias da Saúde

Durante a plenária final do 3º Congresso de Secretarias Municipais de Saúde e Prefeituras da Bahia, realizado em Salvador na semana passada (21 a 23 de maio), a Secretaria da Saúde de Juazeiro (Sesau) recebeu a melhor premiação, ficando em primeiro lugar, entre os trabalhos apresentados na exposição “No Tabuleiro da Bahia tem SUS” realizada durante o Congresso.

Juazeiro foi o município que apresentou o maior número de trabalhos científicos, um total de 13, sendo 1 premiado e todos os outros classificados, na frente de Porto Seguro que apresentou 8 trabalhos.

O título do trabalho premiado pela Sesau foi: “Trilhando Caminhos Interdisciplinares e Intersetoriais: Perspectiva do Programa Saúde na Escola em Juazeiro Bahia”. A avaliação técnica foi realizada pela Comissão Cientifica da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab).

“Esta premiação é resultado do esforço conjunto e intersetorial direcionado para as áreas da Saúde e Educação, que são prioridades para a atual gestão. Ainda não estamos no patamar ideal, queremos e precisamos avançar mais, mas a premiação e pesquisas já apontam que estamos no caminho certo em prol de uma saúde melhor”, declarou o secretário da Saúde, Ubiratan Moreira.

O gestor da pasta finalizou falando da importância do evento. “O Congresso foi uma oportunidade de debatermos sobre o SUS e trocarmos experiências com outras cidades baianas”, concluiu.

O Programa Saúde na Escola (PSE) vem sendo trabalhado pelas Secretarias da Saúde e Educação de Juazeiro com o objetivo de desenvolver ações de prevenção e promoção à Saúde nas crianças, adolescentes e jovens, de 5 a 19 anos, do ensino público básico das escolas municipais e estaduais.

Avaliação do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou em março deste ano a boa situação dos serviços de saúde em Juazeiro. A pontuação de 6,24 colocou Juazeiro na liderança do ranking dos municípios de médio porte da Bahia e na quarta posição entre as capitais do Nordeste, além de ter ficado acima da média nacional, avaliada em 5,47, e na frente de Salvador e Recife.

Por Vânia Castro/Sesau

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *