Willames Costa

Compromisso com a informação

Bahia

Juizado dá orientações para garantir a segurança de jovens no carnaval

Pulseirinhas de identificação evitam que crianças se percam.
Juizado oferece alimentação e hospedagem para filhos de ambulantes.

Para garantir a segurança de crianças e adolescentes durante o carnaval, o Juizado da Infância e Juventude dá algumas dicas para os pais e responsáveis. Crianças e adolescentes menores de 16 anos só podem estar nos circuitos do carnaval acompanhados dos pais ou responsáveis. A mesma regra é válida para espaços públicos como ruas e avenidas, blocos infantis e camarotes. Os responsáveis devem ter autorização dos pais, feita em cartório, com firma reconhecida.

A partir deste carnaval, menores de 16 anos, além de estarem acompanhados dos pais ou responsáveis, precisam de autorização especial do Juizado para sair em cima de trios elétricos.

O Juizado recomenda que crianças e adolescentes menores de 16 anos evitem os circuitos do carnaval à noite, mesmo acompanhados.

Para ambulantes cadastrados na prefeitura e que não têm onde deixar os filhos, o Juizado oferece hospedagem e alimentação para menores de 16 anos durante o carnaval. Para isso, é necessário fazer o cadastramento em um dos postos do Juizado.

Crianças e adolescentes desacompanhados de adultos nos circuitos devem ser levados a um dos seis postos do Juizado, que vão estar abertos 24 horas durante o carnaval. Eles ficam localizados na Igreja do Sião, no Campo Grande, Pelourinho, Tabelionato de Notas do 10º ofício na Barra, na sede do Juizado na Av. Garibaldi, na rodoviária e no aeroporto.

Pulseirinha de Identificação

O uso de pulseirinhas que identificam as crianças é um forma de evitar que elas se percam. As pulseirinhas  são entregues gratuitamente nos postos do Juizado da Garibaldi, Aeroporto, Rodoviária, Igreja Sião no Campo Grande, Posto Barra, localizado no Tabelionato de Notas do 10º Ofício, localizado na Rua Marques de Leão, 217 e no Pelourinho.

Segundo o Juizado, este ano serão 450 funcionários e agentes de proteção, preparados para atender e auxiliar na atuação da folia momesca.

Do G1 BA, com informações da TV BA

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *