Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque Pernambuco

Médico sem licença é detido no Agreste

O rapaz é formado em Cuba, mas não tem licença para atuar em território nacional

Um homem acusado de exercício ilegal da medicina foi detido, na manhã deste domingo (1°), em João Alfredo, no Agreste do Estado. Márcio Tomio Chimbo Junior, 32 anos, trabalhava na Unidade Mista de Saúde Joana Amélia Cavalcante, no mesmo município, há duas semanas, quando denúncias levaram a polícia até ele. O homem é formado em Cuba, mas não tem licença para atuar em território nacional.

Apenas um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) foi feito, já que documentos falsificados não foram encontrados. De acordo com o delegado de plantão Flávio Pessoa, Márcio Tomio é de São Paulo e, atualmente, mora em Alagoas. Há 15 dias ele visita amigos em João Alfredo. “Provavelmente pegou o emprego para ganhar um dinheiro a mais”, afirmou o delegado. O diretor, conhecido como Geraldo, do hospital no qual o médico vinha atuando, também deve ser investigado. “O acusado disse que estava sendo supervisionado por ele, como em um estágio”, informou Pessoa.

A pena para o crime de exercício ilegal da medicina é de 6 meses a 2 anos. A Polícia Federal tem inquérito instaurando contra ele, possivelmente pelo mesmo crime. Informações não oficiais dizem que Márcio também trabalhava como médico no município de Jatauba, em Alagoas.

Com Do JC Online

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *