Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Milton Cruz sonha em salvar temporada são-paulina

A menos de dois meses do fim da temporada, Milton Cruz inicia hoje a missão de salvar o 2011 do São Paulo.

A tarefa de conduzir o time em busca da recuperação e de vaga na próxima Libertadores começa na partida de ida contra o Libertad, pelas oitavas de final da Sul-Americana, e não irá durar muito.

João Neto/Vipcomm
Milton Cruz, técnico interino do São Paulo, conversa com Lucas e Luis Fabiano
Milton Cruz, técnico interino do São Paulo, conversa com Lucas e Luis Fabiano

A tendência é que continue até domingo, prazo mínimo dado pela diretoria para que o coordenador técnico ocupe interinamente o posto de treinador. Mas pode se estender por até 56 dias -a decisão do torneio continental está marcada para 14 de dezembro.

O São Paulo promete anunciar em breve um substituto para Adilson Batista, demitido no domingo. Mas a ausência de bons nomes disponíveis no mercado pode atrasar, pelo menos um pouco, a contratação de um treinador.

“Não vamos esperar o fim do ano intencionalmente. Queremos um técnico o mais rápido possível, mas com a tranquilidade de termos alguém como o Milton”, declarou o vice de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

O certo é que Milton, o técnico “tampão” ou um profissional efetivo terá de travar uma batalha contra o tempo para colocar o time nos eixos.

“Isso [mudar de treinador na segunda metade de outubro] não é uma falha de planejamento, mas uma correção de rumo. Ainda acreditamos neste ano”, afirmou o dirigente, que descartou contratar um treinador apenas para encerrar a temporada.

Desde 1996, o clube não trocava de direção tão perto do fim do ano. Na ocasião, Muricy Ramalho, também no papel de interino, fez sua primeira partida na vaga que era ocupada por Carlos Alberto Parreira em 3 de novembro.

O hoje multicampeão tinha 21 dias para tentar classificar o São Paulo para as finais do Brasileiro. Não conseguiu.

Agora, o desafio do novo treinador será lidar com a herança negativa deixada por Adilson. Já são seis partidas consecutivas sem uma única vitória, maior jejum do ano.

Jogadores importantes do elenco são-paulino, como Rhodolfo, Lucas, Luis Fabiano e Casemiro, têm rendido abaixo do esperado.

A vaga para a Libertadores por meio do Brasileiro também ficou ameaçada. Os últimos fracassos tiraram o time da zona de classificação Ðocupa hoje a sexta colocação.

Assim, a Sul-Americana virou a melhor chance de o São Paulo ser campeão em 2011.

O troféu poderá representar o retorno à Libertadores e também uma vitória sobre o tempo curto de trabalho, seja quem for o treinador.

“Já passei por situações bem delicadas e consegui reverter”, disse Milton Cruz.

NA TV
São Paulo x Libertad
21h50 Band e Globo (para SP)

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *