Willames Costa

Compromisso com a informação

Goiás

Mototaxista é encontrado morto e polícia suspeita de latrocínio, em GO

Polícia Militar isola local onde corpo do mototaxista foi encontrado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Polícia Militar isola local onde corpo do mototaxista foi encontrado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Um mototaxista foi encontrado morto, tarde deste domingo (3), em Goiânia. O corpo de Ruberlândio Pereira dos Anjos, 43 anos, estava em um lote baldio no Residencial Nova Aurora, com sinais de pancada no rosto. De acordo com a Polícia Militar, a suspeita é de latrocínio, roubo seguido de morte.

“Nenhum objeto de valor foi encontrado com ele, como dinheiro ou celular. Ele carregava uma pochete na cintura, onde guardava o dinheiro das corridas, mas ela não esta com ele”, disse o sargento que atendeu o chamado, mas preferiu não ser identificado. Segundo ele, há indícios de que a vítima tenha sido morta com uma forte pancada no rosto.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Mototaxistas e Motoboys de Goiás (Sindimoto), Wilson Arruda, a vítima  desapareceu por volta das 23h30 de sábado (2), após atender um cliente no ponto de mototáxi onde trabalhava, em frente ao Terminal Padre Padre Pelágio. “O pessoal do bar ao lado viu a hora que uma pessoa o chamou para uma corrida”, disse o líder sindical ao G1.

Homem que passava pelo local avistou capacete  da vítima (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Homem que passava pelo local avistou capacete
da vítima (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Policiais militares encontraram a motocicleta de Ruberlândio na madrugada deste domingo, abandonada em frente a uma residência no Setor Parque Industrial João Braz. Havia marcas de sangue no veículo.

Após a moto ter sido encontrada, familiares e amigos iniciaram uma busca na região. Segundo Wilton, eles foram avisados, por um morador do Residencial Nova Aurora, que viu um capacete no lote baldio, por volta das 14h. O capacete estava a poucos metros do corpo.

Irmão do mototaxista, o comerciante Luiz Pereira dos Anjos também acredita que Ruberlândio tenha sido vítima latrocínio. Em entrevista ao G1, ele lamentou a perda: “Ele era uma pessoa tranquila, não tinha problema com ninguém. Só se foi parar levar o dinheiro, que era pouco. Foi pura maldade”.

A Polícia Técnico-Científica chegou ao local por volta das 16h. Os familiares aguardavam a retirada do corpo e não souberam informar onde seria o velório.

Fonte: Do G1 GO

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *