Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Muricy quer que Neymar abasteça o ataque do time

Sem poder contar com um armador de ofício, já que Paulo Henrique Ganso está lesionado e Elano, que poderia substituí-lo na função, também ocupa o departamento médico, o técnico Muricy Ramalho alterou o posicionamento de Neymar para que ele abasteça Borges e Alan Kardec no ataque.

  Ricardo Saibun – 26.ago.2011/Divulgação  
Muricy comanda treino da equipe santista
Muricy comanda treino da equipe santista

Foi assim nos dois últimos jogos, contra Avaí e Cruzeiro. Entre os três homens de frente, Neymar é o que se coloca mais atrás.

Na frente, cabe aos dois centroavantes definir as jogadas criadas pelo astro.

A nova missão afastou Neymar do gol –ele não marca há cinco rodadas–, mas não tirou do camisa 11 o poder de decidir um jogo.

Contra o Cruzeiro, na Vila Belmiro, o atacante cavou duas faltas que resultaram nas expulsões do zagueiro Léo e do volante Fabrício.

“Eu mudei [o posicionamento de Neymar] justamente pelo Alan Kardec encostar mais no Borges, e alguém tem que alimentar isso”, explicou o treinador.

“O Neymar fica atrás desses dois para servir. Muda um pouco, ele não fica pela ponta na lateral, às vezes vem para dentro e confunde o nosso adversário.”

Muricy se diz preocupado com a maratona que seu principal jogador tem enfrentado na temporada.

Pelo Santos, seleção brasileira principal e sub-20, Neymar já disputou 52 partidas neste ano.

“Ontem [anteontem] eu tirei ele do treino. Ele não para. Parece que não tem limites. A gente precisa acalmá-lo um pouco.”

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *