Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Na estreia de Wesley, João Vítor dá vitória ao Palmeiras

SPFW 2012Com um gol do volante João Vítor, substituto do discreto estreante Wesley, aos 42min da segunda etapa, o Palmeiras superou o Paulista por 1 a 0, no estádio Jayme Cintra, em Jundiaí, pela 16ª rodada do Estadual, na noite desta quarta-feira.

Adriano Vizoni/Folhapress
Wesley (dir) estreia pelo Palmeiras contra o Paulista, em Jundiaí
Wesley (dir) estreia pelo Palmeiras contra o Paulista, em Jundiaí

Com o resultado, a equipe alviverde chegou aos 35 pontos e assumiu a segunda colocação da competição. Porém, voltará para o terceiro posto se o São Paulo vencer o Catanduvense, nesta quinta-feira.

Já o Paulista estacionou nos 19 pontos, na nona colocação, e está mais longe do G8, grupo dos oito melhores clubes que disputarão às quartas de final do torneio.

Na 17ª rodada, o Palmeiras recebe o Mirassol, no próximo sábado, às 18h30. Na mesma data e horário, o Paulista visita o Mogi Mirim.

O JOGO

A expectativa criada sobre a estreia de Wesley não se concretizou na primeira etapa. O volante quase não tocou na bola. De produtivo, apenas uma finalização fraca na área, que ficou nas mãos do goleiro Vágner.

O destaque dos 45min iniciais foi o lateral esquerdo Paulinho, do Paulista. Além de ser perigoso nas bolas paradas, ele incomodou o setor direito defensivo palmeirense.

Em uma das jogadas do atleta, ele deixou o centroavante Renan Marques na cara do gol, mas o atacante concluiu mal.

Em outra oportunidade, o ala driblou Cicinho e chutou forte de direita. Deola espalmou e mandou a bola para escanteio.

A grande chance do Palmeiras seria uma falta na intermediária, aos 35min. Porém, Marcos Assunção deixou a cobrança para Valdivia. O chileno chutou a bola na barreira e desperdiçou a oportunidade. Assim, sem inspiração, a primeira etapa terminou sem gols.

Incomodado com o marasmo do primeiro tempo, Scolari colocou Daniel Carvalho, que voltara de contusão no lugar de Vinicius (substituto do doente Maikon Leite). E o camisa 83 deu uma agitada na partida.

Na primeira bola que dominou com condições de fazer uma jogada individual, o meia driblou dois oponentes e arriscou de fora da área com perigo. Vágner fez a defesa. Só que os mandantes responderam logo em seguida. Depois da cobrança de escanteio, a bola quicou na área e sobrou limpa para o zagueiro Diego Ivo. O defensor, porém, chutou por cima do gol palmeirense.

Aos 13min, o atacante argentino Barcos, do time alviverde, ajeitou de cabeça na pequena área. Román e Valdivia se atrapalharam e a bola se perdeu pela linha de fundo.

O chileno teve que deixar o confronto, pois sentiu uma pancada na cabeça e ficou grogue. Assim, Ricardo Bueno entrou em seu lugar. Sem ritmo de jogo, Wesley saiu para a entrada de João Vítor.

Depois de realizar as três alterações, Scolari viu Ricardo Bueno sofrer um pisão no tornozelo. O atleta recebeu atendimento e continuou na partida. Com dois atacantes de ofício, o Palmeiras pressionou o rival.

Aos 24min, Barcos gingou na frente do zagueiro Diogo e chutou forte. Vágner, mais uma vez, apareceu bem e evitou o tento paulistano.

Só que aos 42min, não teve jeito. O volante João Vítor, que substituiu Wesley, driblou Wellington na entrada da área e bateu colocado. A bola ainda tocou a trave antes de entrar. Palmeiras 1 a 0.

Fonte: Da Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *