Willames Costa

Compromisso com a informação

Cultura

Na porta de hospital, fãs falam sobre romantismo de Wando

Cantor morreu nesta quarta-feira (8) com parada cardiorrespiratória.
Velório e enterro serão em Belo Horizonte.

Familiares, amigos e fãs chegaram ao hospital Biocor Instituto na manhã desta quarta-feira (8) assim que souberam da morte do cantor Wando. Aos 66 anos, o artista morreu às 8h com uma parada cardiorrespiratória, na frente da mulher, Renata Costa Lana e Souza. “Hoje é ele é luz e virou uma estrela com certeza”, disse a fisioterapeuta Michelle Neves, de 31 anos, fazendo referência à música “Fogo e paixão”.

Fãs de Wando falam sobre cantor na porta de hospital em Nova Lima (Foto: Alex Araújo/G1)Fãs Michelle Neves e Regina Valadares falam sobre cantor na porta de hospital em Nova Lima (Foto: Alex Araújo/G1)

A fã Michelle declarou que adora as canções românticas de Wando e ficou muito chateada com a notícia da morte. Ela saiu de casa para prestar a última homenagem na porta do hospital. A aposentada Regina Valadares, 69 anos, também acompanhava a carreira de Wando e foi a vários shows. “Ele vai deixar a lembrança de um grande cantor, de muitas emoções, de muito romantismo”, falou.

O padre Jeferson Lima, que se apresentou como amigo pessoal de Wando, chegou ao hospital por volta das 10h15 para prestar solidariedade. Ele pediu a todos que façam orações pela família do cantor. “Fica a imagem do pai, do amigo, do irmão e do companheiro. Há poucos dias, eu vi uma reportagem em que ele disse que estava na oficina de Deus e que voltaria, mas ele partiu e está com Deus”, disse o padre. A declaração a que se refere foi dada por meio de bilhete escrito para os fãs neste domingo (5). “Eu estou na oficina de Deus arrumando a turbina. Me aguardem!”, escreveu o cantor.

A mulher de Wando deixou o hospital às 10h20 desta quarta-feira (8) e não deu declarações. A assessoria do Biocor Instituto disse que uma filha dele também compareceu à unidade de saúde.

O Biocor Instituto informou que o cantor vai ser velado a partir às 17h desta quarta-feira (8) no Cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte. O enterro será no mesmo local, às 11h desta quinta (9). O pedido foi feito pela família do cantor, que mora no Rio de Janeiro. Segundo uma amiga da família, três irmãos de Wando moram em Congonhas, na Região Central de Minas, e estão muito abalados com a morte. Uma das irmãs é Maria das Graças Reis, que havia visitado o cantor durante a internação.

Morte de Wando
O cantor Wando morreu aos 66 anos no Biocor Instituto, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde estava internado desde o dia 27 de janeiro. Segundo o cardiologista particular, João Carlos de Souza Dionísio, ele teve uma parada cardiorrespiratória às 8h. Em nota, médicos e familiares informaram que, a partir das 5h40, houve um súbito agravamento do quadro de saúde.

O cardiologista particular do cantor disse que foram feitas manobras de ressuscitação, mas o paciente não resistiu. Segundo boletim médico divulgado na terça-feira (7), ele apresentava quadro estável e melhora progressiva, mas a recuperação ainda era considerada de alto risco.

Wando chegou a ser submetido a duas cirurgias e havia tido um infarto agudo dentro do hospital. Ele foi hospitalizado com quadro de angina de peito, e exames apontaram que as artérias do coração estavam entupidas por placas de gordura. O artista estava com 110 quilos no momento da internação, 30 a mais do que o recomendado, segundo o cardiologista particular.

Com Do G1 MG

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *