Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte Pernambuco

Náutico quebra jejum de vitórias e faz 2 a 1 no Central

Lenon é abraçado pelos companheiros na comemoração de seu gol (Fotos: Bobby Fabisak/JC Imagem)

A sequência de seis partidas sem vitória no Campeonato Pernambucano (sete, contando a Copa do Brasil) foi quebrada. Mesmo sem voltar a apresentar um grande futebol, o Náutico derrotou o Central por 2 a 1, no Lacerdão. Em um início arrasador, Lenon e Rodrigo Tiuí marcaram os gols alvirrubros nos primeiros oito minutos de partida. Mas faltou consistência. A equipe alvirrubra recuou e deu muito espaço ao adversário — que diminuiu com Tiago Silva aos 37, ainda na primeira etapa, e foi melhor no segundo tempo.

A esperança nos Aflitos é que o fim do jejum traga um pouco mais de auto-confiança à equipe, no momento de crise que vive, às vésperas da semifinal do Campeonato Pernambucano. O adversário do Timbu será o Sport. O primeiro jogo será nos Aflitos, no próximo domingo, 22, às 16h. No confronto, o Leão tem a vantagem de se classificar com dois resultados iguais.

Para três jogadores específicos, o jogo contra o Central foi importante para adquirir ritmo de jogo. Foi a estreia do meia Ramon, contratado junto ao CSKA, da Rússia, e a primeira partida como titular do zagueiro Ronaldo Conceição, que, prejudicado por lesões, só havia atuado por quatro minutos numa partida ainda no primeiro turno. Para o atacante Rodrigo Tiuí, houve uma nova oportunidade como titular — desta vez, bem aproveitada.

Meia Ramon fez estreia razoável, marcada por assistência a Rodrigo Tiuí

O JOGO

O início alvirrubro foi realmente animador. O time mostrava a velocidade e a movimentação que vinham faltando. Com tranquilidade, abriu vantagem de dois gols em apenas oito minutos.

O primeiro tento veio de uma boa jogada em que Rodrigo Tiuí recebeu na direita, na grande área, e tocou para a penetração do volante Lenon, que dominou e bateu rasteiro e colocado no canto esquerdo do goleiro Elias, que nada pode fazer.

Logo um minuto após o reinício, o estreante meia Ramón mostrou um bom cartão de visitas. Viu a passagem de Rodrigo Tiuí em direção ao gol e fez ótimo passe. O atacante, por sua vez, foi fatal: mesmo pressionado por um defensor, bateu forte com a perna canhota, fuzilando o goleiro.

Atacante Rodrigo Tiuí marcou seu primeiro gol com a camisa alvirrubra

Apesar do bom início alvirrubro, o Central foi aos poucos crescendo e passou a ser mais perigoso no ataque do que os alvirrubros, um tanto recuados.

Gideão impediu o gol centralino ao fazer ótima defesa em chute de Tiago Silva, que comanda o ataque do Central.

A Patativa seguiu buscando o gol e foi recompensada aos 37 minutos. Após cruzamento à área, a bola não foi bem afastada. Então Tiago Silva ganhou na trombada uma disputa com Jefferson e, da marca penal, bateu no canto à esquerda de Gideão. 2 a 1.

O Central ainda pediu um pênalti minutos após o gol. Elicarlos teria tocado com a mão na bola. O árbitro Enéias Leite mandou seguir.

Só aos 42 minutos, o Náutico voltou a ameaçar. Em boa condição de fazer o gol, João Ananias não teve tranquilidade para definir. Bateu por cima.

No segundo tempo, as ações ficaram mais equilibradas. O Central tinha mais ímpeto ofensivo, mas não assustava. Um chute de Fernando Pires, de fora da área, passou ao lado aos 4 minutos.

Com pouca presença do Náutico no ataque, chamou a atenção uma arrancada de Jefferson do meio de campo até a entrada da grande área do Central. Mas a batida veio fraca, no centro do gol, aos 11 minutos.

Aos 14 minutos, o meia Eduardo Ramos entrou na equipe, na vaga do atacante Siloé, juntando-se a Ramón na criação. Rodrigo Tiuí continuou passou a ser o único atacante. Mesmo com a mexida, a equipe não conseguia mostrar a eficiência dos minutos iniciais. A rigor, nenhuma chance clara foi criada pelo Alvirrubro no segundo tempo.

O Central teve uma grande oportunidade de empatar aos 23 minutos. Tiago Silva perdeu um gol feito. Recebeu na área, tendo apenas Gideão à sua frente, mas se enroscou com a bola, e o goleiro salvou. Ao final, o gol perdido fez falta, e a Patativa encerrou a sua participação no Estadual com mais uma derrota.

FICHA DO JOGO

Central 1 x 2 Náutico

CENTRAL: Elias; Ricardo, Junior Maranhão e Célio Lima; Zé Carlos, Fernando Pires (Mizael), Diego Gois, Wagner Manso e Jean Baptista; Peixoto (Aguimeron) e Tiago Silva.

NÁUTICO: Gideão; João Ananias, Ronaldo Conceição (Diego Bispo), Ronaldo Alves e Jefferson; Lenon, Auremir, Elicarlos e Ramón; Siloé (Eduardo Ramos) e Rodrigo Tiuí (Léo Santos).

Local: Estádio Luiz Lacerda (Lacerdão), em Caruaru. Árbitro: Enéias Leite. Assistentes: Roberto José e Bruno Alcântara. Gols: Lenon, aos 6 minutos; Rodrigo Tiuí, aos 8 minutos; Tiago Silva, aos 37 minutos do primeiro tempo. Cartões amarelos: Jean Baptista e Auremir. Público: 1.349. Renda: 7.895

Fonte: Do Blog do Torcedor

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *