Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte Pernambuco

Náutico tem missão quase impossível contra o Fortaleza

cb1dc307c1d13c34f5c829b322a67f40.jpg

Ramon deve ser mantido no Náutico
Foto: Rodrigo Lobo/JC Imagem

Do outro lado, os cearenses, que também tem um duelo semifinal no Estadual neste fim de semana, chegaram ao Recife pregando o respeito ao rival. O único desfalque é o zagueiro Ciro Sena, que levou o terceiro cartão amarelo no jogo de ida. Gilmak assume a posição. Além da vantagem, o trunfo que os atletas têm é o embalo conquistado após a vitória por 2×1 sobre o Crateús, fora de casa, na última rodada da classificação do Estadual, completando quatro consecutivas.

O Náutico tem uma missão quase impossível – impossível mesmo para alguns – nesta quarta-feira (18), quando recebe o Fortaleza, a partir das 21h50, pela segunda fase Copa do Brasil. O primeiro jogo foi uma catástrofe para os pernambucanos. O Fortaleza fez 4×0 e, para avançar, o timbu tem que derrotar o adversário por cinco gols de diferença. Se devolver o placar a decisão vai para as cobranças de pênalti.

Claro que todos no clube admitem a complicação. Mas as peças que o futebol sempre prega é a tábua de salvação. O primeiro a lembrar isso é o técnico Levi Gomes. “Tudo pode acontecer, o futebol tem suas surpresas. Não é fácil tirar quatro gols, mas quantas vezes não se viu esse filme. Acredito no grupo”, disse o comandante. Ele lembrou que a vitória sobre o Central, no último domingo, pelo Pernambucano, deu mais confiança.

Por isso mesmo, Levi manda a campo o que tem de melhor no momento. Ninguém será poupado para a primeira semifinal do Estadual, diante do Sport, no próximo domingo. O volante Souza, que voltou a trabalhar normalmente precisa pegar um ritmo melhor. Já o lateral-direito Marquinho está aprimorando a parte física.

Apesar de não adiantar a escalação, Levi deve manter a base da equipe. O meia Ramon, que fez sua estreia no domingo deve ser titular, assim como o atacante Rodrigo Tiuí, autor do segundo gol alvirrubro na vitória sobre a Patativa.

FORTALEZA – No Tricolor do Pici, o discurso é de respeito aos alvirrubros apesar da larga vantagem. Quem sai da equipe é o zagueiro Ciro Sena. Ele tomou o terceiro cartão amarelo no jogo da semana passada.

Ficha do jogo:

Náutico: Gideão; João Ananias, Marlon, Ronaldo Alves e Jefferson; Elicarlos, Derley, Eduardo Ramos e Ramon; Siloé e Rodrigo Tiuí. Técnico: Levi Gomes.

Fortaleza: João Carlos; Rafinha, Cléber Carioca, Gilmak e Kauê; Leandro, Esley, Mariélson e Geraldo; Cleo e Jaílson. Técnico: Nedo Xavier.

Local: Estádio dos Aflitos. Horário: 21h50. Árbitro: Péricles Cortês (Fifa-RJ). Assistentes: Marcos Pessanha (RJ) e Otávio Araújo Neto (AL). Ingressos: R$ 20 (arquibancada lateral e meia) e R$ 40 (arq. frontal).

Fonte: Do NE10

1 COMMENTS

  1. Esse jogo só está servindo para atrapalhar. Deviam mais era ter em mente o jogo ontra a ‘coisa’e colocar outro time completamente diferente do que se pretende escalar para domingo. Até o goleiro,aliás, principalmente o goleiro(Gideão), pois ele sim, não desmerecendo os outros, é titular absoluto. MUITA BURRICE e falta de comprometimento c/ o que realmente interessa.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *