Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Obama pede que Irã devolva avião espião dos EUA

Em conferência de imprensa ao lado do premiê iraquiano, Nouri al Maliki, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira que pediu ao governo do Irã que devolva o “drone” (avião espião) capturado pela República Islâmica.

Questionado por um repórter sobre o assunto, Obama disse que não comentaria “sobre questões de inteligência que são confidenciais”, mas aparentemente decidiu aproveitar a oportunidade para, de forma indireta, confirmar que o avião espião era mesmo dos Estados Unidos –o que até então só havia sido indicado por fontes anônimas do governo.

Efe – 8.dez.2011
Em primeira referência oficial do governo americano sobre o tema, presidente Barack Obama pediu que Irã devolva avião
Em primeira referência do governo dos EUA sobre o tema, presidente Barack Obama pediu que Irã devolva avião

“Nós pedimos para que eles devolvam. Vamos ver como os iranianos respondem”, disse o presidente sobre o drone.

DECODIFICAÇÃO

O Irã está na fase final de decodificação dos dados do “drone” dos Estados Unidos capturado na semana passada pelas forças iranianas, disse o deputado Parviz Sorouri à TV estatal do país nesta segunda-feira.

“Estamos terminando de decifrar os códigos da aeronave, e a próxima etapa será sua reprodução”, afirmou Parviz Sorouri, da subcomissão parlamentar de segurança nacional.

Sorouri disse que as informações serão usadas para iniciar um processo contra os Estados Unidos pela “invasão” do avião-espião ao território iraniano.

O parlamentar afirmou ainda que o Irã tem capacidade de reproduzir o drone, mas não deu mais detalhes.

Na quinta-feira, a TV iraniana divulgou um vídeo em que mostra militares do país inspecionando o que seria a aeronave RQ-170, que as autoridades afirmam ter capturado próximo à fronteira com o Afeganistão.

No mesmo dia, o Irã protestou formalmente pela invasão do avião americano não tripulado em seu espaço aéreo, acusando Washington de “provocação”.

Segundo reportagem do jornal “The Washinton Post”, autoridades dos Estados Unidos que acompanham o caso confirmaram que operadores de um drone americano perderam o controle da aeronave nos arredores da fronteira com o Irã.

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *