Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque

Olinda terá recursos de R$ 170 milhões do PAC

27ab09e3aedbd1a3d915efe9047aec1e.jpg

Renildo Calheiros assinou cinco contrados
Fotos: Priscila Burh

Um dia depois de prometer sanear quase 100% de Olinda, com recursos federais de R$ 52 milhões, o prefeito da cidade, Renildo Calheiros, assinou, nesta sexta-feira (9),  contratos para a liberação de recursos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento). Os investimentos, que superam os R$ 170 milhões, serão destinados a mais obras de saneamento, drenagem, pavimentação, contenção de encostas e construção de moradias. Os bairros que receberão esses benefícios são Jardim Brasil, Sapucaia e Aguazinha.

“As obras serão iniciadas no primeiro semestre de 2012. Será aberto um edital de licitação para selecionar as empresas que ficarão responsáveis pela execução” afirmou o prefeito, complementando que o tempo desse processo é de 90 a 120 dias.

O superintendente regional da Caixa Econômica no Recife, Paulo Nery,  participou do evento, realizado hoje pela manhã.  Foram cinco contratos. O bairro que detém a maior parcela dos investimentos é Jardim Brasil, com R$ 76.6 milhões. Esse dinheiro será aplicado na construção de um sistema de saneamento integrado (drenagem e esgoto), pavimentação e 630 unidades habitacionais.

O restante da verba – R$ 70,9 milhões – será destinado aos bairros de Sapucaia e Aguazinha, que serão urbanizados com a implantação, expansão e melhoria das redes de água e esgoto, pavimentação e drenagem de vias, equipamentos de lazer e recreação, além da revitalização do Canal Lava Tripa e a edificação de mais 540 moradias.

 
Canal Lava Tripa, em Sapucaia, uma das áreas beneficiadas

A promessa é que serão realizadas ainda dez obras de contenção de encostas, proteção superficial e urbanização de áreas nos morros do Alto da Bondade, Águas Compridas e Cidade Tabajara, além da construção de 36 moradias para as famílias que serão relocadas. Também haverá a reabilitação de encostas do Sítio Histórico (Amparo, Alto da Sé e São Bento).

Parte dos recursos ainda (quase R$ 4 milhões) está destinada à elaboração de novos projetos de urbanização integrada e contenção de encostas.

SANEAMENTO
 – A Prefeitura de Olinda assinou, nessa quinta-feira, um convênio com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para implantar o esgotamento sanitário nos bairros dos Bultrins, Amaro Branco, Cidade Tabajara e em todo o perímetro do Sítio Histórico, que ocupa uma área de 9,7 quilômetros quadrados. Jardim Atlântico, Casa Caiada e Jardim Fragoso terão os sistemas de saneamento ampliados. A previsão é que as obras tenham início no primeiro semestre de 2012.

Com Do NE10

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *