Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

ONU deve reagir rápido se Síria não cumprir promessas, dizem EUA

O Conselho de Segurança das Nações Unidas terá dee reagir “com muita rapidez e vigor” se o regime da Síria não cumprir suas promessas de desarmamento militar antes do prazo de 10 de abril, afirmou nesta terça-feira (3) a embaixadora norte-americana na ONU, Susan Rice.

Rice, cujo país preside o Conselho em abril, reiterou que os Estados Unidos se mantêm céticos em relação à vontade do presidente Bashar al Assad de aplicar o plano apresentado pelo mediador Kofi Annan.

“Se o governo sírio utiliza este prazo (até 10 de abril) para intensificar a violência (…) então será necessário que o Conselho de Segurança responda a este fato muito rapidamente e com vigor”, disse Rice à imprensa.

É possível que Annan, enviado da ONU e da Liga Árabe à Síria, viaje para Nova York para falar ao Conselho e à Assembleia Geral da organização logo depois do dia 10 de abril, informaram diplomatas.

Estados Unidos, França e Reino Unido prepararam um projeto de declaração do Conselho além do prazo imposto, aceito a princípio pelo governo sírio. O texto começou a ser negociado nesta terça-feira entre os 15 países membros do Conselho de Segurança.

Da AFP

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *