Willames Costa

Compromisso com a informação

Goiás

Pai e filho são suspeitos de perseguir e esfaquear torcedor, diz PM em GO

Um adolescente de 16 anos foi agredido com um golpe de arma branca por volta das 22h30 de quarta-feira (11), no Jardim Bonança, em Aparecida de Goiânia. De acordo com informações do posto policial do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), o jovem teria dito que o crime teria sido cometido por rivalidade entre torcedores do Goiás Esporte Clube e do Vila Nova.

Conforme o posto policial, antes de ser esfaqueado, o jovem teria sido perseguido por torcedores rivais e esfaqueado pelo chefe do grupo, um adolescente de 14 anos. Segundo informações iniciais da Polícia Militar, há indícios de que o pai do suspeito, de 37 anos, estaria com o filho no momento do ataque e também é apontado como suspeito. O homem foi detido e levado ao 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia. O menor conseguiu fugir. O caso será investigado pela Delegacia de Investigações de Atos Infracionais (Depai) do município.

Ainda de acordo com informações obtidas pelo G1 no posto policial do Hugo, dois dias antes da tentativa de homicídio, a vítima teria sido agredida a pauladas pelo jovem suspeito de ter praticado o crime. A investida teria ocorrido na escola frequentada pelo adolescente e na presença de um professor e da diretora da unidade de ensino.

Estado de saúde
O garoto sofreu uma perfuração no lado esquerdo da região torácica. Ele foi socorrido pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e levado ao do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde foi submetido a uma cirurgia. Segundo informações do hospital, por volta das 10h desta quinta-feira (12), o menor estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave.

Fonte: Do G1 GO

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *