Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Papa Bento 16 chega à Alemanha ante expectativa de protestos

Reuters

O papa Bento 16 aterrissou nesta quinta-feira no aeroporto de Berlim para iniciar sua primeira visita de Estado à Alemanha, seu país natal, em viagem que dever ser marcada por intensos protestos.

Às 10h30 locais (5h30 de Brasília), Bento 16 foi recebido ainda na pista do aeroporto pelo presidente da Alemanha, Christian Wulff, e a chanceler federal, Angela Merkel.

Pouco após sua chegada, o pontífice será recebido com honras de chefe de Estado por Wulff, com quem celebrará a primeira reunião de sua viagem de quatro dias à Alemanha, seu país natal.

Em seguida, ele receberá em audiência privada Merkel e seu marido, Joachim Sauer, na sede da Conferência Episcopal Alemã, para depois descansar e almoçar com seu séquito na Academia Católica de Berlim.

PROTESTOS

No primeiro dia, o papa deve oferecer um discurso à tarde no plenário do Bundestag (Parlamento alemão), o que, por protesto, não será presenciado por muitos integrantes da oposição social-democrata, verde e de esquerda.

Simultaneamente, foi convocada para o centro de Berlim uma grande manifestação contra a presença do papa na sede do Legislativo alemão. O protesto foi iniciado por organizações homossexuais, mas se viu apoiada por outros grupos laicos e religiosos críticos ao Vaticano.

Devido às manifestações contrárias à visita papal, um grande desdobramento policial com mais de seis mil agentes foi formado.

Aproveitando sua visita ao Bundestag, o papa terá um encontro com a comunidade judaica em uma das salas do Reichstag, o histórico edifício sede do Parlamento, onde também discursará.

A agente do papa prevê, para finalizar o primeiro dia de visita, uma grande missa no Estádio Olímpico de Berlim para mais de 60 mil pessoas.

A visita de Bento 16 continuará amanhã em Berlim com um encontro com representantes da comunidade muçulmana na Alemanha, para pouco depois seguir à cidade de Erfurt, no Estado da Turíngia.

Em uma jornada de caráter ecumênico, o papa se reunirá na cidade do reformador Martinho Lutero com a cúpula do Conselho da Igreja Evangélica na Alemanha, com a qual oficiará uma missa conjunta.

No sábado, Bento 16 viajará à cidade de Freiburg, onde passará os dois últimos dias de sua viagem, quando realizará vários encontros e missas antes de retornar a Roma, na tarde de domingo.

DA EFE, EM BERLIM

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *