Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

PDT tenta evitar que PT assuma Ministério do Trabalho

Com a saída de Carlos Lupi do Ministério do Trabalho, o PDT trabalha agora para evitar que o PT assuma a pasta no próximo ano, informa reportagem de Andréia Sadi e Catia Seabra, publicada na Folha desta terça-feira .

Em reunião ontem com a Executiva Nacional de seu partido, Lupi disse aos aliados que “qualquer um” do PDT que assumir o cargo será alvo de pressões.

PDT decide continuar na base do governo após saída de Lupi
Procuradoria investiga se Lupi cometeu improbidade em uso de jato
Secretário-geral do PDT diz que Lupi se livrou de uma ‘tortura’
Entenda as crises que atingiram o governo Dilma

O ex-ministro pediu demissão no último domingo (4) após não conseguir explicar irregularidades em convênios assinados pela pasta.

Lupi, que é presidente licenciado do PDT, deve reassumir a presidência do partido em janeiro.

O papel de articulação política no partido, principalmente num momento em que devem ter início as negociações sobre a sucessão na pasta do Trabalho, será exercido por uma comissão de pedetistas, embora o discurso seja o de que é “cedo” para discutir indicação de nomes e de que a decisão final é de Dilma.

Editoria de Arte/Folhapress

 

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *