Willames Costa

Compromisso com a informação

Pernambuco Petrolina

Petrolina recebe mais de R$ 2,5 milhões para Agricultura Familiar

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é executado em Petrolina pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Irrigação com a participação da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), e os recursos, que têm como objetivo a compra da produção de agricultores familiares cadastrados pelo município, são disponibilizados pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). No município, os produtos adquiridos são destinados a ações de alimentação empreendidas por entidades da rede socioassistencial, equipamentos públicos de alimentação e nutrição (como Restaurantes Populares, Cozinhas Comunitárias e Bancos de Alimentos) e para o atendimento de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Atualmente, o projeto conta com 420 pequenos agricultores, entre produtores de frutas, verduras, mel, polpas, doces, bolos, e criadores de caprinos, bovinos, suínos, aves e peixes. Desde dezembro de 2010, data da adesão de Petrolina ao PAA, mais de R$ 2,5 milhões foram investidos no crescimento e fortalecimento da agricultura familiar. “Além de incentivar a agricultura familiar para melhorar a produção, a prefeitura de Petrolina também tem realizado capacitações e feito o acompanhamento técnico desses pequenos produtores”, esclareceu o secretário de Irrigação, Clefson Sena.

O secretário ainda salienta que a ação da Prefeitura vai além de apenas permitir o acesso do pequeno produtor a esse investimento federal. “A gestão Julio Lossio também criou projetos como o CTB do Mel (Centro Tecnológico de Beneficiamento do Mel) e o projeto Tanque-Rede, que incentivam respectivamente, a apicultura e piscicultura”, declarou. Com o financiamento do Banco do Empreendedor, a Prefeitura capacita, estimula e incentiva a produção de mel e a criação de peixes, itens que também estão inclusos no PAA.

De acordo com a coordenadora do PAA, Maria José dos Santos, dentre todos os municípios brasileiros que aderiram ao PAA, somente 60 conseguiram o investimento extra de mais de R$ 800 mil. Entre estes está Petrolina, que assumiu o Restaurante Popular, onde boa parte dos produtos são oriundos de pequenos produtores da região do Vale do São Francisco.

Segundo dados da Secretaria de Irrigação, com o programa, a cidade e o Governo Federal beneficia mais de 9.200 mil pessoas, entre agricultores/produtores e consumidores beneficiados. Entre as entidades que participam do Programa de Aquisição de Alimentos estão a Apami, Apae, Petrape, Cemam, a Pastoral da Criança e a Casa de Passagem Bom Samaritano.

Texto: Carol Souza
Foto: Marcizo Ventura

Fonte: Da Ascom/PMP

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *