Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Piloto argentino morre em primeiro dia do Rali Dacar

O argentino Jorge Marínez Boero, 38, morreu no primeiro dia de Rali Dacar. O piloto de moto sofreu um acidente na metade da primeira etapa, entre Mar del Plata e Santa Rosa, na Argentina.

O piloto ainda foi socorrido e levado de helicóptero ao hospital, mas não resistiu ao traumatismo no tórax e a uma parada cardíaca sofrida na queda. Ele foi atendido em menos de cinco minutos.

“Estes são os riscos da competição. Lamentávelmente esta má notícia mancha um pouco a competição neste início”, disse Ignacio Crotto, coordenador regional do Dacar-2012 ao canal de TV argentino TN.

Juan Mabromata – 31.dez.11/France Presse
O argentino Jorge Martinez Boero com sua moto antes da largada do Rali Dacar deste ano
O argentino Jorge Martinez Boero com sua moto antes da largada do Rali Dacar deste ano

Esta era a segunda participação de Boero na prova. Em 2011, ele também sofreu um acidente e demorou oito horas para ser resgatado.

Segundo agências de notícias, já são cerca de 60 mortes no Dacar desde 1979, quando a competição começou a ser disputada.

Desde 2009, por motivos de segurança, a prova automobilística deixou de ser disputada entre a Europa e a África e se transferiu para a América do Sul. Este ano, a largada foi na Argentina e a chegada é no Peru.

A Argentina acolherá cinco etapas, assim como o Chile, e o Peru terá as quatro últimas, num total de 14 dias de competição, dois a mais que no ano passado.

Nas três edições anteriores, o rali saía de Buenos Aires, partia para o Chile e voltava para capital argentina, mas em 2012 será disputada de Mar de Plata até Lima, no Peru.

Com agências de notícias

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *