Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Polícia indicia suspeita de matar mais de 30 cães e gatos em SP

A Polícia Civil indiciou ontem (24) a dona de casa Dalva Lina da Silva, 42, sob suspeita de praticar ato de abuso a mais de 30 cães e gatos na região da Vila Mariana, na zona sul de São Paulo. Os animais morreram.

Suspeita de matar mais de 30 gatos e cachorros é solta
Mulher é detida suspeita de matar 30 gatos e cães em SP

Os bichos foram encontrados mortos no último dia 12 quando um detetive particular flagrou a mulher colocando os sacos com os animais próximo ao portão da vizinha. Os cães e gatos estavam enrolados em jornais.

O detetive havia sido contrato por uma ONG após grupos de proteção aos animais desconfiarem da mulher, que recebia doações de animais de rua e sumia com os gatos e cachorros que recebia.

A dona de casa afirmou à polícia que sacrificava apenas os gatos que estavam doentes, mas laudos feitos pela Universidade de São Paulo e por um laboratório privado mostram que eles morreram após receberam injeção de analgésicos no coração.

Eduardo Anizelli/Folhapress
Cerca de 30 gatos e cachorros são encontrados mortos dentro de sacos de lixo na zona sul de SP
Cerca de 30 gatos e cachorros são encontrados mortos dentro de sacos de lixo na zona sul de SP

OUTRO CASO

Na semana passda, uma enferemeira de 22 anos também foi indiciada pela Polícia Civil de Formosa (GO) sob suspeita de maus-tratos contra um yourshire. O cão morreu em decorrência dos ferimentos.

Os maus-tratos foram registrados por um vizinho e as imagens foram divulgadas pela internet. No vídeo, a mulher aparece jogando e chutando o animal. As imagens causaram revolta nas redes sociais.

A delegada afirmou que a Polícia Militar foi acionada pelos vizinhos e compareceu ao apartamento da enfermeira no dia seguinte ao início das agressões. Na presença dos policiais, ela levou o cão até a área comum do prédio e o jogou no gramado.

Ainda de acordo com a delegada, o cão morreu ainda no local. Para os policiais, a dona do animal disse que ele estava engasgado com um lagartixa e que o jogou no chão para desengasga-lo.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *