Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Policiais civis se reúnem com procurador-geral de Justiça do CE

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no Ceará, Waldetário Monteiro, juntamente com representantes dos policiais civis na manhã desta sexta-feira com o procurador-geral de Justiça do Estado, Fernando Oliveira. Eles entregarão uma nova proposta, mais resumida, com as reivindicações básicas da categoria.

PM e bombeiros voltam ao trabalho; polícia civil paralisa

Em greve desde a última quarta-feira, o principal ponto da reivindicação da Polícia Civil é salarial. Os policiais querem que o rendimento inicial da carreira seja equivalente a 60% da remuneração dos delegados, que recebem cerca de R$ 8.000.

O governo já havia prometido uma resposta até a tarde de quinta-feira (5). Segundo assessores, uma reunião foi realizada entre o secretário de Segurança Pública e outros secretários do Estado, mas na parte da tarde a reunião passou para “uma esfera superior”.

De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis, um grupo do Exército tentou invadir a praça onde a categoria estava mobilizada durante a noite, mas não há confirmação. As assessorias do governador, do secretário de Segurança Pública e de Planejamento e gestão foram procuradas, mas não se posicionaram em relação ao assunto.

Essa é a terceira greve da Polícia Civil do Ceará registrada em menos de um ano. O sindicato da categoria já havia promovido greves em julho e em outubro de 2011.

DA AGÊNCIA BRASIL

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *