Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Pré-candidatos opositores fazem debate na Venezuela

Os seis pré-candidatos à Presidência da Venezuela pela coalizão opositora Mesa de Unidade Democrática (MUD) se enfrentaram em um debate televisivo na noite de ontem (23), o último antes das primárias marcadas para fevereiro.

O governador do Estado de Mirante, Enrique Capriles; o governador de Zulia, Pablo Pérez, o ex-prefeito de Caracas, Leopoldo López; a parlamentar María Corina Machado; o ex-diplomata Diego Arria; e o sindicalista Pablo Medina debateram por duas horas temas como Justiça, manejo de recursos, governabilidade, relações exteriores, sociedade, Forças Armadas, entre outros.

Fernando Llano – 23.jan.12/Associated Press
Seis pré-candidatos opositores à Presidência da Venezuela participaram de debate ontem (23) à noite em Caracas
Seis pré-candidatos opositores à Presidência da Venezuela fizeram debate ontem (23) à noite em Caracas

Para Arria, a Venezuela precisa de um governo de transição que dure três anos e refunde o país. “Devemos realizar uma Constituinte ou seremos prisioneiros”, disse.

López, Machado, Pérez e Capriles, porém, defenderam que as mudanças na estrutura do país podem ser feitas sob a atual Constituição.

“Temos que nos reorganizar, respeitando os poderes que temos. Devemos ter um presidente que respeite os outros poderes, estados e municípios, e que use a linguagem da paz”, comentou Pérez.

Capriles, por sua vez, disse sonhar “com um país de paz, onde, em vez de se investir na entrega de fuzis, invista-se em entregar cadernos”.

O atual presidente da Venezuela, Hugo Chávez, governa o país desde 1998 e vai concorrer à reeleição no pleito agendado para outubro deste ano.

DA ANSA, EM CARACAS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *