Willames Costa

Compromisso com a informação

Bahia

Prefeito recebe representantes da Chesf para tratar sobre vazão da Barragem de Sobradinho

O superintendente de Operação e Contrato de Transmissão de Energia da Chesf, João Henrique de Araújo Franklin Neto, e o diretor de operações Mozart Bandeira Arnaud e o diretor regional de operação da Barragem de Sobradinho, Edson Gonçalves da Silva estiveram na tarde desta terça-feira (7), reunidos com o prefeito Isaac Carvalho, em seu gabinete, para informar sobre o aumento das vazões neste período úmido na Bacia do Rio São Francisco, decorrentes das chuvas registradas desde dezembro, na região Sudeste do país.

De acordo com o superintendente de Operações da Chesf, no último ciclo de chuvas, os reservatórios de Três Marias, Itaparica e Sobradinho tiveram vazões que permitiram o armazenamento máximo em cada uma. “Estamos dentro da normalidade, masprecisamos trabalhar preventivamente, já que o período úmido na Bacia vai até os meses de abril e maio e estamos com um volume alto de água armazenada. Esse encontro objetiva informar as autoridades públicas sobre a vazão do Lago de Sobradinho para que as medidas preventivas possam ser adotadas o quanto antes, junto às comunidades ribeirinhas”, disse João Henrique.

Segundo a Chesf, a partir da zero hora desta sexta-feira (10), a Barragem irá liberar o volume de 3 mil/m³/s de água, devido ao volume de água que chega de Minas Gerais, e que esse volume será aumentado gradativamente.

A Defesa Civil do município informou que desde dezembro, vem trabalhando preventivamente junto às famílias que possivelmente possam ser atingidas e que já na manhã deste dia 8, toda equipe vai visitar o Angary e a Ilha do Rodeadouro para repassar as informações apresentadas pela Chesf. “Nós já estamos trabalhando desde o inicio das chuvas nessa prevenção e agora vamos oficializar, junto às famílias o que a Chesf apresentou para que possamos agir antes que algum prejuízo maior possa vir a ocorrer”, informou Adalberto Carvalho, supervisor da Defesa Civil de Juazeiro.

Por Clarice Alves/Ascom

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *