Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Premiê italiano quer dobrar fundo de resgate europeu, diz revista

Alex Grimm - 18.set.08/Reuters

O primeiro-ministro italiano, Mario Monti, quer que a capacidade de empréstimos do fundo permanente de resgate da zona do euro dobre, chegando a um trilhão de euros (US$1,29 trilhões). A informação foi divulgada pela edição deste sábado da revista alemã Der Spiegel, sem citar suas fontes.

“Monti argumenta que essa medida criaria confiança na moeda da União”, segundo a publicação. “Ele informou o governo alemão sobre isso.”

O Spiegel disse que o compatriota de Monti e presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, concordou que o Mecanismo Europeu de Estabilidade (ESM) deveria aumentar a sua capacidade efetiva de empréstimos para além dos € 500 bilhões previstos.

Ele acredita que os fundos que sobraram do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (EFSF), o fundo de empréstimo temporário de 440 bilhões de euros que realizou empréstimos à Irlanda e Portugal, deveriam ser colocados à disposição do ESM, além dos € 500 bilhões, segundo a revista Der Spiegel.

A minuta do tratado que institui a ESM será discutida pelos ministros das finanças da zona do euro, na segunda-feira, e deve provavelmente ser aprovada numa reunião de cúpula que acontecerá em 30 de janeiro, disseram funcionários da ZE, na semana passada.

DA REUTERS, EM BERLIM

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *