Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Presidente do PT comemora índice de rejeição a Serra em pesquisa

O presidente do PT, Rui Falcão, comemorou nesta segunda-feira a rejeição de 35% do eleitorado a José Serra (PSDB) na corrida à Prefeitura de São Paulo em 2012.

O índice apareceu na segunda pesquisa Datafolha para a eleição municipal, divulgada neste domingo pela Folha.

Kassab minimiza baixa aprovação em pesquisa
Kassab tem menor aprovação de seu segundo mandato, aponta Datafolha
Lula aumenta força em SP, e Serra tem maior rejeição, diz Datafolha

“Um dado importante é a rejeição elevada do candidato que potencialmente aparece com mais chance no PSDB, que é o Serra”, disse o petista.

Ele se esquivou de responder se os números inviabilizariam o lançamento de Serra. “Quem tem que fazer a avaliação, [saber] se é bom ou não, é o PSDB. Eu acho que ele pode ser o candidato.”

Falcão também destacou a presença do ex-presidente Lula como o mais forte cabo eleitoral na disputa –embora o pré-candidato do PT, Fernando Haddad, ainda apareça na faixa de 3% a 4% de intenções de voto.

De acordo com o Datafolha, 48% dos eleitores dizem que podem votar no candidato indicado por Lula.

“A pesquisa é muito positiva para nós. Ratifica a grande influência do Lula e da Dilma na definição do voto do eleitor. Na capital, isso é novo”, afirmou Falcão.

Segundo o dirigente, Haddad deixará o Ministério da Educação até o fim de janeiro e terá tempo para reforçar a campanha em São Paulo.

O presidente do PT participou de reunião da chapa “O Partido que Muda o Brasil”, majoritária do partido, num hotel da região central de São Paulo.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *