Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Príncipe William escolhe Palácio de Kensington como residência londrina

O príncipe William e sua mulher, duquesa Catherine, escolheram como sua principal residência londrina o Palácio de Kensington, onde a princesa Diana morou até a sua morte, em 1997, anunciou no domingo a assessoria do casal.

“O duque e a duquesa de Cambridge farão do Palácio de Kensington sua residência londrina permanente a partir de meados de 2013 ou fins de 2013”, informou um comunicado, segundo o qual devem ser feitos importantes trabalhos de reforma.

A escolha foi aprovada pela rainha Elizabeth 2ª.

Foi neste amplo e suntuoso palácio real do século 17, localizado no coração de Londres, que a princesa Diana morou desde seu casamento com o príncipe Charles, em 1981, até sua morte, em 1997, em um acidente de carro em Paris. O príncipe William e seu irmão, Harry, cresceram ali.

O príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono britânico, e sua mulher se mudarão para o apartamento que antes era ocupado pela princesa Margareth, irmã da rainha, que morreu em 2002. Em parte desta residência há uma sala de exposição.

Vista da fachada do Palácio de Kensington, onde o príncipe William e sua mulher usarão como residência londrina

  Kirsty Wigglesworth/Associated Press  
 
Vista da fachada do Palácio de Kensington, onde o príncipe William e sua mulher usarão como residência londrina

Os duques de Cambrigde, que se casaram em 29 de abril em Londres, moram na ilha de Anglesey, no extremo norte de Gales (oeste do Reino Unido), onde o príncipe é piloto de resgate marítimo.

Mas o príncipe William e a duquesa Catherine viajam regularmente à capital britânica. Cada vez que o fazem, ocupam como “residência temporária em Londres” um apartamento menor no palácio de Kensington, segundo a assessoria do casal.

O escritório do príncipe, atualmente situado no palácio Saint-James de Londres, será transferido para o palácio de Kensington a partir de meados de 2012.

DA FRANCE PRESSE, EM LONDRES

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *