Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

PSD inflou número de prefeitos, diz entidade

Alan Marques-13.abr.2011/Folhapress

O PSD filiou menos da metade do número de prefeitos que havia anunciado no ano passado, afirma levantamento da CNM (Confederação Nacional dos Municípios).

Segundo pesquisa da entidade, a sigla do prefeito paulistano, Gilberto Kassab, possui 270 prefeitos em todo o país. Em outubro, após o PSD obter sua formalização no Tribunal Superior Eleitoral, a direção partidária havia divulgado que tinha 630 e que o número estava crescendo.

O PSD contesta os dados da confederação. O secretário-geral Saulo Queiroz afirma que o partido conta hoje com 558 prefeituras.

Para Queiroz, a pesquisa não considerou dezenas de prefeitos que saíram do DEM e migraram para a sigla.

Segundo a confederação, o DEM perdeu o comando de 105 municípios onde ganhou a última eleição municipal, em 2008, e hoje governa um total de 395 cidades.

Queiroz afirma que o DEM diminuiu ainda mais, já que em Estados como Santa Catarina o partido de Kassab contou com “90%” de adesão entre filiados do antigo PFL.

O DEM, por meio de sua assessoria, diz não possuir um levantamento atualizado desse número, mas afirma que administra, no mínimo, 350 cidades pelo país.

A CNM afirma que obteve os dados fazendo contato direto com as 5.563 prefeituras.

Segundo a entidade, outros afetados pela fundação da legenda de Kassab são o PSDB, com redução de 6,7% no número de prefeitos, e o PTB, com 7,7%.

O cálculo da entidade computa, além da mudança de partidos, casos de governantes afastados, que renunciaram ou que morreram.

Com as regras de fidelidade partidária que entraram em vigor em 2007, a troca de partido é punida com a perda de mandato.

No entanto, a mudança para o PSD foi autorizada por ser um partido em fundação.
Atualmente, a sigla de Kassab é a que tem mais prefeitos em Mato Grosso, com 32 cidades, diz a confederação.

A legenda, no entanto, aparece com poucas prefeituras nos principais Estados, como Rio e Minas.

Editoria de arte/Folhapress

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *