Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Putin insiste que eleições foram justas e ironiza oposição

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, rebateu nesta quinta-feira os questionamentos sobre os resultados das eleições legislativas de 4 de dezembro e afirmou que refletiram o “estado das forças no país”.

“A oposição sempre dirá que as eleições não são honestas. Isto é o que acontece em todas as partes e em todos os países”, declarou Putin na TV, ao ser questionado sobre os protestos sem precedentes registrados na Rússia após as eleições.

“Na minha opinião, o resultado destas eleições reflete, sem margem para dúvidas, o estado das forças no país”, completou.

A oposição russa denuncia fraudes nas eleições e exige que os resultados sejam invalidados.

“O fato de que as pessoas se expressam sobre o que acontece no país é algo totalmente normal, desde que permaneça dentro dos marcos da lei”, afirmou Putin.

O premiê russo e candidato à presidência disse ter visto na imagens muitos jovens “ativos e formulando claramente sua posição”. “Isto me deixa satisfeito, se é o resultado do regime Putin”.

Putin ironizou a mobilização da oposição, ao afirmar que em um primeiro momento acreditou que a fita branca, que virou símbolo dos protestos, era referência à luta contra a Aids.

Alexei Nikolsky/Associated Press
Primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, participa de programa na TV na cidade de Moscou
Primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, participa de programa na TV na cidade de Moscou

DA FRANCE PRESSE

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *