Willames Costa

Compromisso com a informação

Pernambuco

Quadrilha que arrombava bancos é presa em Surubim

Uma quadrilha especializada em arrombamento de caixas eletrônicos foi presa em flagrante na última quinta-feira (9). Quatro homens estavam tentando assaltar uma agência do banco Santander, em Surubim, no Agreste de Pernambuco, quando foram presos, às 2h da madrugada. Com o grupo, foram apreendidos um veículo Celta vermelho e uma S10 prata, um maçarico, uma alavanca, diversos aparelhos celulares e chips, além de uma quantia de dinheiro não divulgada pela polícia.

A quadrilha era formada por Dione Paulo Rodrigues Anicésio, 27 anos; Nivaldo Nogueira Silva, 36; Paulo Antônio da Silva Soares, 27; e Valdeir da Silva Costa, 28. Dione já tinha antecedente criminal por estelionato e Nivaldo, por furto. O delegado da Delegacia de Roubos e Furtos, José Cláudio Nogueira, falou sobre a prisão deles.

O gestor do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), delegado Antônio Barros, também comentou como esses crimes estão sendo repreendidos no Estado.

A quadrilha ainda é acusada de ter arrombado a agência bancária do Santander na Avenida Cruz Cabugá, no Centro do Recife, no dia 23 de abril de 2011. Eles estavam sendo investigados há 7 meses por uma operação que envolveu o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Paraíba e o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais da Polícia Civil de Pernambuco.

BALANÇO – A Polícia Civil de Pernambuco registrou nove ocorrências de furto e assalto a banco no Estado até o último dia 10. No mesmo período do ano passado, esse número foi de 11.

SEGURANÇA – A partir desta segunda-feira (13), uma operação envolvendo a Diretoria de Controle Urbano (Dircon) e o Procon-Recife vai fiscalizar os bancos, com o objetivo de verificar a instalação dos itens de segurança exigidos através de leis municipais que estão em vigor.

Entre as normas de segurança nas agências estão a instalação de circuito de TV, incluindo pelo menos três câmeras na área externa e passa-volumes. Também é exigido um sistema de segurança com dois vigilantes usando coletes à prova de bala e em cabines blindadas, com cada pavimento com guardas. Outra dupla de vigilantes armados deve estar atenta à circulação dos clientes na parte externa.

A legislação determina, ainda, que todas as entradas e saídas das agências devem ter portas e janelas blindadas, além de porta detectora de metais e vaga de estacionamento para carro forte.

O Sindicato dos Bancários de Pernambuco deve apresentar hoje à Dircon uma lista de bancos que não seguem as normas de segurança exigidas. Segundo a Dircon, os estabelecimentos irregulares serão punidos com multas, inclusive, interdição.

Com informações de Isabelle Figuerôa, direto da sede Polícia Civil de Pernambuco

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *