Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Rio Negro sobe 1 cm, o menor ritmo desde o início da cheia, no AM

Rio Negro na área do bairro Educandos, Zona Sul de Manaus (Foto: Tiago Melo/G1 AM)Rio Negro na área do bairro Educandos, Zona Sul de Manaus (Foto: Tiago Melo/G1 AM)

O nível do Rio Negro teve a sua menor subida registrada desde o início da cheia, este ano. Segundo o engenheiro Valderino Pereira, da Superintendência Navegação, Portos e Hidrovias (SHPH), o Rio Negro subiu 1 cm, elevando a cota para 29,81m. O nível do rio foi cotado às 6h30 da manhã desta sexta-feira (18).

Os níveis de subida abaixo de 3 cm têm sido registrados nos últimos nove dias, o que supostamente demonstra um enfraquecimento do ritmo de cheia. “É uma excelente notícia para quem está sofrendo com as alagações nas comunidades. Esperamos que a cheia cesse o quanto antes e inicie a vazante”, afirmou.

Manaus é a cidade mais afetada pela cheia do Rio Negro. A subida alcançou níveis históricos por causa do represamento das águas pelo Rio Solimões, que também está em fase de cheia. O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) analisa que o nível do Rio Negro continuará dentro da cota de emergência, acima de 29m, nos próximos 70 a 80 dias, porém não há previsão de quando irá iniciar o processo de vazante.

Na capital do Amazonas, foram identificadas 6,8 mil famílias em situação de emergência em 21 bairros naz Zonas Leste, Sul, Oeste e Centro-Sul.

Fonte: Do G1 AM

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *