Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Sarkozy entra oficialmente na corrida eleitoral nesta quarta na França

Candidatura à reeleição deve ser lançada pela TV.
Socialista Hollande é favorito no 1º e no 2º turnos, segundo pesquisas.

O presidente da FrançaNicolas Sarkozy, vai formalizar nesta quarta-feira (14) sua entrada na corrida presidencial de 2012, lançando uma rápida campanha de reeleição num momento que parece ser mais favorável ao candidato socialista, François Hollande.

A previsão é que o líder conservador anuncie sua candidatura no horário nobre da televisão na noite desta quarta-feira e faça seu primeiro comício de campanha na quinta-feira, na cidade de Annecy, próxima dos Alpes, onde o seu partido, o UMP, espera um “dilúvio” de apoiadores.

Sarkozy irá definir a sua plataforma de campanha em um discurso principal para uma audiência de milhares de pessoas na cidade portuária de Marselha, no domingo.

O gabinete de Sarkozy não comentou o horário do lançamento da campanha, mas a televisão TF1 terá o presidente como convidado em seu noticiário das 20h (17h no horário de Brasília) e o diário “Le Figaro”, que apoia Sarkozy, afirmou que ele faria então o anúncio.

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, discursa nesta segunda-feira (13) em Issy-les-Moulineaux (Foto: AP)O presidente da França, Nicolas Sarkozy, discursa nesta segunda-feira (13) em Issy-les-Moulineaux (Foto: AP)

Estagnado com 68% no índice de desaprovação e atrás de Hollande nas pesquisas de opinião, Sarkozy tem trabalhado há semanas em uma campanha baseada em reformas para alavancar a competitividade na indústria e restaurar o crescimento que caiu para zero.

Uma pesquisa do Instituto Francês de Opinião Pública (Ifop), publicada na terça-feira, deu à Hollande uma vantagem de 5 pontos no primeiro turno em 22 de abril, com aproximadamente 30% de apoio em comparação a 25% de Sarkozy. A enquete mostrou o candidato socialista derrotando facilmente Sarkozy no segundo turno em 6 de maio, com 57,5% enquanto Sarkozy teria 42,5%.

A pesquisa apontou que a líder da extrema-direita Marine Le Pen apresentava 17,5% no primeiro turno, e o centrista François Bayrou, 12,5%.

Da Reuters

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *