Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque Pernambuco

Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina inicia a nova etapa do Programa QualificACS

A Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS) já iniciou mais uma etapa do seu programa de educação permanente em saúde, que tem como objetivo ampliar a formação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) atuantes no município. A segunda fase do Programa QualificACS – que consiste na realização de oficinas coordenadas pelos profissionais de saúde, de nível superior da SMS, capacitados no primeiro momento do Programa –começou no dia 06 de janeiro, e acontecerá em regimes de encontros quinzenais.

Marcadas para a próxima sexta-feira (20), as próximas atividades serão realizadas no turno da manhã, às 9 horas, no CSU Jardim Maravilha, e à tarde, a partir das 14 horas, na unidade de Atendimento Multiprofissional Especializado – AME Saúde da Família, do bairro José e Maria. Durante as oficinas, os participantes discutirão temas como os Princípios e Diretrizes do Sistema Único de Saúde, Atenção Primária à Saúde, Saúde da Família, ACS como agentes de mudança na saúde da população, o processo de trabalho e o desafio de trabalhar em equipe e visitas domiciliares. Todo o conteúdo está relacionado ao foco principal da formação que é a promoção da saúde da população de Petrolina.

“Nesse momento do Programa QualificACS, a formação conta com a participação de uma equipe de facilitadores, profissionais de nível superior que já passaram por uma formação pedagógica, e dos agentes comunitários de saúde, que são o foco da ação. Nosso objetivo é estimular nos ACS o desenvolvimento das competências de educadores em saúde”, explicou o coordenador de promoção à saúde da SMS, Silvoney Junior. A troca de experiências e a reflexão sobre a situação atual das ações de saúde, assim como o reconhecimento coletivo dos desafios e potencialidades no desenvolvimento das ações promotoras de saúde são alguns dos mecanismos utilizados nas atividades, informou o coordenador.

A secretária Municipal de Saúde, Lucia Giesta, avalia a implementação do programa como uma maneira de provocar e facilitar o trabalho das Equipes de Saúde da Família (ESF). “Essa interação entre os ACSs e os outros profissionais da rede possibilita a troca de experiências e o desenvolvimento de práticas de cuidado junto a populações dos territórios assistidos”, destacou a gestora, lembrando que a iniciativa integra a Política Municipal de Saúde e as ações de reestruturação da Atenção Primária em Petrolina.

Texto: Eneida Trindade
Foto: Arquivo SMS

Com Ascom/PMP

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *