Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Soberana por 5 anos, Marta agora vê disputa acirrada por prêmio

Finalista do prêmio de melhor jogadora do mundo da Fifa, a brasileira Marta afirmou, nesta terça-feira, que a disputa pelo prêmio em 2012 está acirrada. Ela ganhou o prêmio máximo individual do futebol feminino nos últimos cinco anos.

“Já tenho uma chance só de estar entre as três. Mas este ano a disputada está acirrada, com o Japão campeão [do mundo, em 2011] e os Estados Unidos vice-campeão”, disse Marta durante evento de lançamento do Torneio Internacional Cidade de São Paulo Futebol Feminino.

Ao citar Japão e EUA, Marta, 25, fazia uma referência às suas adversárias de 2012 para o prêmio Bola de Ouro, premiação oferecida pela revista “France Football” e pela Fifa para os melhores da temporada. A japonesa Homare Sawa e a norte-americana Abby Wambach são suas concorrentes.

Fotomontagem
Marta, Homare Sawa e Abby Wambach (da esq. p/ dir.) são as finalistas ao prêmio de melhor da temporada
Marta, Homare Sawa e Abby Wambach (da esq. p/ dir.) são as finalistas ao prêmio de melhor da temporada

Apesar das cinco bolas de ouro seguidas, Marta disse ainda se surpreender por estar na lista das melhores do mundo.

“Sim [ainda me surpreendo], sem dúvida. Quando você vê a lista das dez [melhores do mundo], vê atletas de alto nível. É complicado se manter oito anos sendo indicada”, afirmou a jogadora.

Marta joga atualmente no Western New York Flash, campeão dos Estados Unidos. Inclusive, ela foi a artilheira da competição pela terceira vez consecutiva. Neste ano, ainda se consagrou como a maior artilheira da história da Copa do Mundo, com 14 gols marcado –mesma marca da alemã Birgit Prinz.

A meia japonesa Homare Sawa atua no Leonessa de Kobe, clube da primeira divisão do Japão. Na Copa do Mundo-2011, ele ajudou o time asiático na conquista do título inédito, numa final contra os Estados Unidos. Já Abby Wambach estava na seleção americana e foi ela quem marcou o gol de empate com o Brasil nas quartas de final.

TORNEIO INTERNACIONAL FEMININO

A melhor jogadora do mundo esteve no estádio do Pacaembu, na manhã desta terça-feira, para participar do evento de lançamento do “Torneio Internacional Cidade de São Paulo Futebol Feminino”, que promoverá jogos entre Chile, Dinamarca, Itália e Brasil entre os dias 8 e 18 de dezembro. Todos os jogos serão disputados no Pacaembu.

Marta ressaltou a importância da organização do torneio para a preparação da seleção brasileira visando Londres-12. “Como não existem muitos amistosos e várias meninas jogam fora [no exterior] é importante esse tipo de torneio para vermos o está faltando, ajustar as coisas e chegarmos equilibradas [à Londres]”.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *