Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Tite fala em ‘lamber a ferida’ e não descarta substituir Júlio César

SPFW 2012O técnico Tite, do Corinthians, deixou no ar a possibilidade de substituir Júlio César, que falhou em dois dos três gols da Ponte Preta que custaram a eliminação do clube no Campeonato Paulista.

Ele voltou a defender o goleiro, mas quando questionado se Júlio será o titular na partida do dia 2 de maio contra o Emelec, no Equador, Tite desconversou.

“Estamos iniciando os trabalhos, só vou falar da preparação do jogo quando fizer um trabalho tático e um trabalho mais específico. Agora o momento é de lamber a ferida e botar um ponto final na saída do Paulistão”, disse.

“Eu falei domingo e repito agora: todos estão chateados. O Júlio César falhou. Em dois lances. Isso não retira todo o passado e os títulos que teve no Corinthians”, continuou.

Eduardo Knapp-22.abr.2012/Folhapress
O técnico Tite gesticula durante derrota do Corinthians para a Ponte Preta, no Pacaembu
O técnico Tite gesticula durante derrota do Corinthians para a Ponte Preta, no Pacaembu

Pressionado pelos jornalistas, Tite disse que ainda não tomou uma decisão. “Não tem nada decidido. O Júlio é um jogador, tal qual o Cássio, tal qual o Danilo, tal qual todos os jogadores, que a gente avalia o momento técnico. Não está decidido nada”, afirmou. “Ninguém é absoluto. O único absoluto aqui é o presidente.”

Se optar pela saída de Júlio, Tite terá de escolher entre Danilo e Cássio. Pelo que falou na entrevista coletiva, Danilo sai na frente.

“São três grandes goleiros. O Danilo entrou muito bem contra o Santos, na Vila, está preparado, está mais identificado com o grupo, é um jogador frio, com qualidade técnica. O Cássio veio de fora, demorou para entrar em forma, veio com peso excessivo, participou bem de um jogo. Os três têm confiança.”

Pela manhã, Júlio César treinou sozinho durante a maior parte do treino. Ele se aqueceu com o preparador de goleiros, Mauri Lima, e os reservas Danilo e Cássio. Em seguida, os dois reservas se juntaram aos outros atletas, e Júlio ficou só. “Não houve nenhum direcionamento em relação a isso”, disse Tite.

O treinador voltou a citar as conquistas de Júlio pelo clube e disse que o melhor que o goleiro pode fazer agora é trabalhar. “Ele tem o apoio da comissão técnica, e de todo o grupo. É claro que a gente vai ter um direcionamento, vai ter que ter um trabalho. Mas a coisa mais importante é ir pra dentro do campo trabalhar.”

Eduardo Knapp-21.abr.2012/Folhapress
O goleiro Júlio César, do Corinthians, após falhar e sofrer o terceiro gol da Ponte Preta
O goleiro Júlio César, do Corinthians, após falhar e sofrer o terceiro gol da Ponte Preta

Fonte: Da Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *