Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Turismo confirma exoneração de ministro; leia carta de demissão

O Ministério do Turismo confirmou o pedido de demissão do ministro Pedro Novais. Em nota de um parágrafo, a assessoria confirma que a carta de exoneração foi entregue na tarde desta quarta-feira no Palácio do Planalto.

Folha apurou que o ministro não pretendia pedir demissão, e que só deixaria o cargo caso fosse a vontade da presidente Dilma. Porém, após pressão do partido (PMDB) e da própria presidente, ele acabou requerendo a exoneração durante reunião na vice-presidência.

Dilma aceita demissão de ministro do Turismo
Saiba mais sobre o ex-ministro Pedro Novais
Entenda as crises que atingiram o governo Dilma
Ministro pagou governanta com verba pública por 7 anos
Ministro do Turismo usa servidor público como motorista da mulher

Na carta de demissão, ele diz que cumpre o “dever” de pedir exoneração do cargo. A inclusão da palavra, segundo a reportagem apurou, foi uma exigência do ministro.

Leia abaixo a íntegra da nota:

“Brasília, DF – O ministro Pedro Novais pediu a exoneração do cargo de ministro do Turismo, para o qual foi nomeado pela Presidenta da República, Dilma Rousseff. O comunicado foi entregue no fim da tarde desta quarta-feira (14), no Palácio do Planalto.

Segue abaixo a íntegra da carta:

“Excelentíssima Senhora Presidenta Dilma Rousseff,
Cumpro o dever de pedir-lhe minha exoneração do cargo de Ministro de Estado do Turismo, para o qual fui honrosamente nomeado por Vossa Excelência.
Aproveito o ensejo para externar-lhe meus protestos de elevada consideração e respeito”.

Editoria de Arte/Folhapress


Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *