Willames Costa

Compromisso com a informação

Economia

Volks faz recall do SpaceFox por defeito em cinto de segurança

A Volkswagen abriu recall do SpaceFox ano/modelo 2012 para inspeção e substituição dos cintos de segurança laterais do banco traseiro.

De acordo com a empresa, testes laboratoriais constataram a possibilidade da ocorrência, em algumas unidades, de microfissuras no terminal inferior de fixação dos cintos laterais do banco traseiro.

“Em caso de forte impacto frontal pode ocorrer falha na retenção dos ocupantes laterais do banco traseiro, podendo afetar a sua proteção”, informou a montadora.

Os proprietários devem comparecer em uma concessionária da marca, para inspeção e eventual substituição dos cintos.

A campanha afeta 6.731 unidades no Brasil e um total de 9.735 veículos no grupo de países formado por: Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. Nesses países, o modelo é chamado de Suran.

Os chassis envolvidos têm numeração de CA 500 000 a CA 521 803 e de C4 017 407 a C4 072 594.

“A Volkswagen adota esta medida preventiva para garantir a segurança e a satisfação de seus clientes. O serviço será gratuito”, informou.

A montadora afirma ainda que está enviando cartas aos proprietários dos veículos envolvidos no recall e colocando à disposição a Central de Relacionamento com Clientes pelo telefone 0800 019 5775. Informações também podem ser obtidas pelo sitewww.vw.com.br

Divulgação
SpaceFox ano/modelo 2012, que deve passar por recall por defeito no cinto de segurança traseiro
SpaceFox ano/modelo 2012, que deve passar por recall por defeito no cinto de segurança traseiro

RENAVAM

Desde março de 2011, é obrigatória a inclusão no Renavam de informações sobre o comparecimento dos veículos a um recall. O objetivo da medida é elevar a quantidade de proprietários que atendem ao chamado, fazendo o reparo identificado pela montadora.

Cerca de 40% dos veículos não comparecem ao recall, segundo estimativa do DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor), ligado ao Ministério da Justiça.

Se houver falhas na comunicação entre a montadora e o Denatran sobre a notificação de comparecimento ao recall, o proprietário do carro pode levar ao Detran o documento recebido na concessionária, após o reparo, e pedir a retificação no sistema.

Após um ano, a pendência vai constar também no documento do carro, mas uma segunda via pode ser exigida com o mesmo procedimento.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *