Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Zardari precisará de mais duas semanas para se recuperar, diz premiê

O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, vai precisar de mais duas semanas de tratamento médico em Dubai antes de poder voltar para casa, disse nesta segunda-feira o primeiro-ministro paquistanês, em um comentário que pode aumentar as especulações sobre a saúde de Zardari e sua permanência no poder.

As dúvidas sobre o futuro do presidente paquistanês surgem no momento em que o país enfrenta tensões em sua relação com os Estados Unidos, após um ataque da Otan (aliança militar ocidental) no mês passado ter provocado a morte de 24 soldados paquistaneses na fronteira com o Afeganistão.

Ishara S. Kodikara-29.nov.10/France Presse
Presidente paquistanês, Asif Ali Zardari; ele precisará de mais duas semanas para se recuperar, diz premiê
Presidente paquistanês, Asif Ali Zardari; ele precisará de mais duas semanas para se recuperar, diz premiê

O Paquistão reagiu ao ataque suspendendo as rotas de abastecimento para as forças da Otan no Afeganistão, e boicotando uma conferência realizada nesta semana na Alemanha para tratar do futuro afegão.

O incidente abalou ainda mais as relações entre os EUA e o Paquistão, que já estavam se deteriorando desde maio, quando o ex-chefe da Al Qaeda foi encontrado e morto em território paquistanês pelas forças norte-americanas.

Ishara S. Kodikara-29.nov.10/France Presse
Presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, que está hospitalizado e teria sofrido acidente vascular cerebral
Presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, que está hospitalizado e teria sofrido acidente vascular cerebral

Zardari foi levado de Islamabad a Dubai na noite de terça-feira (6), depois de sofrer um desmaio. Na sexta-feira, o um membro de seu partido PPP (Partido Popular do Paquistão) declarou que Zardari sofreu um pequeno acidente vascular cerebral.

“Muito provavelmente foi um acidente vascular transitório”, disse o responsável pelo.

Altos responsáveis do governo confirmaram que Zardari deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na quinta-feira, onde estava desde o primeiro dia de hospitalização.

Um ministro havia informado que ele sofrera um “ataque cardíaco de menor proporção”, que já se recuperava e deveria voltar logo ao Paquistão.

Outras fontes haviam dito que sua estadia em Dubai seria estendida, devido a uma série de exames ao qual seria submetido.

Impopular, Zardari é suspeito de corrupção e acusado em seu país de buscar o apoio dos EUA contra as forças armadas, o que seria um “crime de alta traição”.

Os problemas de saúde alimentam rumores que Zardari pode renunciar ao cargo. No entanto, seu governo nega que ele deixará o poder.

DA ASSOCIATED PRESS
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *